in

Médico quebra a perna de bebê durante parto e família fica inconsolada

Em nota, o hospital defendeu que o parto precisou acontecer de maneira imediata pois o bebê estava em sofrimento.

Imagem Ilustrativa: HSANP/Divulgação

Uma família acusa um médico pela fratura em uma das pernas do bebê durante o parto. O caso aconteceu no hospital da Ordem Terceira, em Belém, capital de Pará. Patrícia Ferreira, a mãe, diz que o seu caso deveria ser submetido a uma cesárea, em virtude da posição em que a criança se encontrava no útero. Apesar disso, o obstetra forçou o parto natural.

Publicidade

Valério Lima da Silva, cunhado da grávida, diz que a familiar mostrou para o médico um exame feito recentemente, mostrando que o seu bebê estava em posição sentada, o que exigiria um parto via cesárea em virtude do impedimento para o procedimento normal. A alegação, segundo a família, teria sido ignorada. Para a família, os enfermeiros disseram que havia sido um parto difícil, ocasionando deslocamento em uma das pernas do bebê. “Só depois ouvimos comentários dos enfermeiros dizendo que a perna dela estava quebrada”, continuou.

Informações apuradas pelo UOL indicam que o recém-nascido precisou ser encaminhado para a UTI, onde foi imobilizado e entubado. Outros pacientes do hospital ficaram revoltados com o caso e instigaram a família a fazer denúncia. Nesta terça-feira (20), o pai registrou ocorrência na delegacia.

Publicidade

Em nota, o hospital disse que mesmo com a indicação de uma cesárea, a situação do paciente pode mudar no momento do parto. Segundo o diretor do hospital, Rodolpho Fiúza de Moraes, todas as medidas necessárias para salvar a mãe e o bebê foram tomadas.

Publicidade

Ainda segundo a unidade de saúde, a decisão pelo parto normal foi tomada em virtude da pressa para que a criança nascesse, pois o líquido da bolsa já apresentava coloração escura, o que indicava que o bebê estaria sofrendo no útero. “No momento da manobra corre o risco de haver fratura, porque é feito um giro do feto, mas não é intencional. Quando o médico explicou para paciente, ela entendeu e até agradeceu”, contou. A criança passa bem e não corre risco de vida, de acordo com o hospital.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com