in

Padre é acusado de machucar bebê durante batismo; vídeo viraliza e causa revolta

Religioso se defendeu após inúmeras críticas nas redes sociais e deu sua versão sobre o ocorrido

Crescer

Um padre foi acusado de machucar um bebê durante a cerimônia de batismo. O caso aconteceu em Limassol, cidade situada no Chipre. Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, o religioso aparece imergindo a criança com força na pia de batismo, diante do movimento brusco, as pernas da criança batem várias vezes na pia de metal. 

Publicidade

De acordo com informações do Greek Reporter, os pais do bebê fizeram uma queixa do ocorrido.

Publicidade

“O padre bateu no meu bebê, todos nós gritamos para ele ter cuidado, mas ele respondeu ‘Eu sou o responsável pelo batismo’”, disse Ntina Shitta, a mãe da bebê, em uma publicação feita no Facebook.

Publicidade

“O bebê ficou vermelho e ficou em estado de choque! Este padre arruinou nosso dia mais lindo”, concluiu Ntina Shitta. O vídeo compartilhado por ela no Facebook já foi replicado mais de mil vezes, e conta com diversos comentários repudiando o comportamento do sacerdote.  

Publicidade

Confira o vídeo abaixo:

Σήμερα βάφτισα το μωρό μου!!Δεστε αυτός ο "πάτερ" πως χτυπά το μωρό,να του φωνάζουμε όλοι,να του λέμε σιγά το μωρό και να μας απαντά έτσι βαφτίζω εγώ!! Το μωρό εννοείται ότι μετα ήταν ολοκόκκινο σε όλο του το σώμα και σε σοκ!!?Αυτός ο άνθρωπος είναι ο πάτερ της παλόδιας και μας χάλασε την πιο όμορφη μέρα!! Όσο για τον τρόπο του ήταν γενικα απαίσιος!!

Gepostet von Ntina Shitta am Sonntag, 18. Oktober 2020

Padre se posiciona

Diante do ato polêmico, o padre pediu desculpas aos familiares do bebê, no entanto, rechaçou ter praticado qualquer irregularidade intencional. Em entrevista para um veículo local, o religioso disse que em um momento o bebê quase escorregou de suas mãos, e que ele colocou o braço para protegê-lo de uma possível queda.

O sacerdote disse ainda que não houve intenção de bater ou machucar o bebê, alegando ter uma vasta experiência com batismo. Ao perceber que a criança começou a ficar estressada com a cerimônia, o religioso disse que agilizou o mais rápido possível para concluir o batismo do bebê.

Publicidade
Publicidade
Publicidade