in

Foragido da Justiça, traficante recorre à cirurgias plásticas para fugir da polícia, mas leva a pior

Lenon Oliveira do Carmo, de 39 anos, estava foragido desde o ano de 2018.

Jornal Extra | Divulgação

O traficante Lenon Oliveira do Carmo, de 39 anos, estava foragido da polícia do Amazonas há cerca de 2 anos. De acordo com o Jornal Extra, o criminoso tentou recorrer a vários procedimentos cirúrgicos para tentar despistar a polícia, porém, não obteve sucesso. Lenon foi recapturado no último sábado (17), em Fortaleza.

Publicidade

Além da nova aparência totalmente repaginada, o criminoso também trocou de identidade. Conhecido como “Bileno”, o ex foragido passou a se apresentar como Aylon Soares Cardoso. A fotografia tirada pela polícia no momento da prisão tem chamado a atenção de internautas pelo fato do rosto do criminoso ter mudado consideravelmente.

Com as orelhas menos aparentes e o rosto com formato mais quadrado, Lenon Oliveira não deixou de passar desapercebido pelos olhos da polícia. Vivendo foragido, o traficante ostentava uma vida luxuosa ao lado da família em Fortaleza. No dia que foi recapturado, o criminoso visitava uma de suas residências de classe alta.

Publicidade

As penas atribuídas a Lenon Oliveira somam cerca de 60 anos. O traficante é acusado de participar em vários assassinatos, inclusive, de uma chacina que aconteceu no Complexo Penitenciário Antônio Jobim (Compaj), em janeiro de 2017, onde 56 detentos foram mortos. O detento comandava uma facção em Manaus, mas após fugir da cidade, passou a fazer parte de outra organização criminosa no Rio de Janeiro.

Publicidade

Lenon Oliveira foi preso pela última vez no ano de 2018, porém, ao receber o benefício da prisão domiciliar, destruiu o equipamento e fugiu. O criminoso foi finalmente recapturado após um longo trabalho de investigação entre as polícias do Amazonas e do Ceará.

Publicidade
Publicidade
Publicidade