in

Mulher que levou idoso morto à agência bancária se defende e diz que ele estava ‘falando’; perícia a desmente

O laudo da perícia realizada no corpo do idoso constatou que ele estava morto há pelo menos 12 horas.

G1/Divulgação

No último dia 2 de outubro um caso inusitado ocorreu em uma agência do Banco do Brasil, em Campinas, São Paulo. Josefa de Souza Matias, de 58 anos, levou o companheiro, Laércio Della Colleta, de 92, à agência bancária para receber sua aposentadoria. Porém, de acordo com o site R7, o idoso já estava morto quando chegou ao local.

Publicidade

Em entrevista à reportagem da Record TV, Josefa negou que tivesse levado o companheiro sem vida ao banco, no entanto, o laudo da perícia realizada no corpo do idoso confirmo que ele estava morto há pelo menos 12 horas. A mulher contou, ainda, que possuía um relacionamento estável com o aposentado há 11 anos, e que ele saiu de casa lúcido para realizar a prova de vida na agência bancária, porém, teria passado mal no local.

Josefa foi questionado acerca do motivo pelo qual não levou o marido ao hospital e afirmou que o companheiro recusou ser levado ao médico. De acordo com a polícia, a mulher apresentou uma contradição em seu depoimento. Inicialmente, Josefa disse que havia conversado com o companheiro pela manhã do último dia 2 de outubro, antes de levá-lo à agência. Depois, mudou o depoimento e disse que falou com o idoso apenas na noite anterior.

Publicidade

Ele não queria ir, de jeito nenhum […] ele estava bem, estava conversando, falando. Tem médico particular, tem tudo”, contou Josefa sobre a suposta negativa do idoso em ser levado ao hospital. A polícia acredita que a mulher tenha tentado usar a digital do idoso para sacar a aposentadoria, porém, sem sucesso.

Publicidade

No dia do ocorrido, Josefa chegou empurrando o corpo de Laércio em uma cadeira de rodas. Na tentativa de ser atendida com rapidez, a mulher alegou que o companheiro estava passando mal. O Corpo de Bombeiro foi acionado e, chegando ao local, constatou que o idoso já estava morto. Segundo o site G1, Josefa irá responder por tentativa de estelionato e desrespeito a cadáver.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade