in

Policial Civil mata companheira após discussão, foge e é morto pela PM

Homem de 36 anos atirou três vezes contra a mulher, em frente a um bar de Belo Horizonte.

Reprodução Globo / Metrópoles

Vinicius Oliveira da Silva, de 36 anos, era investigador da Polícia Civil. Na noite desta sexta-feira (9), ele se desentendeu com a companheira em um bar de Belo Horizonte. Violento e agressivo, ele partiu para cima da esposa. Pessoas tentaram separar, mas Vinicius sacou a arma e teria dado dois disparos, um para o alto e outro para o chão.

Publicidade

A mulher implorava para que ele a deixasse em paz. O homem atirou três vezes contra a companheira, que morreu. Este foi mais um caso de feminicídio no Brasil. Após o crime, Vinicius foi perseguido por policiais militares pelas ruas do bairro Serra, zona leste da capital de Minas Gerais.

Vinicius dirigia seu carro em alta velocidade. Em determinado momento da perseguição, ele perdeu o controle e bateu o carro que dirigia, um Honda Civic, em um poste da Avenida do Contorno. Armado, ele teria descido do carro atirando, de acordo com informações da Polícia Militar.

Publicidade

Os PMs revidaram e o policial civil levou vários tiros. Vinicius chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital João XXIII. O policial não resistiu aos ferimentos e também morreu. A Polícia Civil emitiu nota sobre o caso e disse que a perícia foi acionada para investigar os crimes.

Publicidade

As equipes se dividiram em duas. Uma delas foi para o bairro Serra, onde a mulher foi morta na frente do bar. Outra foi encaminhada ao Hospital João XXII, onde Vinicius Oliveira deu entrada sem vida. Este foi mais um triste caso de morte de mulheres pela mão de seus companheiros no Brasil. Não foram divulgadas informações sobre velório e enterro dos corpos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!