in

Ônibus com trabalhadores capota e árvore evita tragédia à beira de ribanceira; cinco estão em estado grave

Veículo transportava trabalhadores que fariam o corte de cana em uma fazenda no interior paulista.

Divulgação - Corpo de Bombeiros

Um acidente envolvendo trabalhadores rurais por pouco não termina em uma tragédia maior no distrito de Paulópolis, em Pompeia, interior de São Paulo. O veículo que acabou tombando só não caiu numa ribanceira porque bateu em uma árvore, ficando com o teto preso. O acidente deixou mais de 30 pessoas feridas. Destas, cinco em estado grave. 

Publicidade

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o motorista perdeu o controle dos freios, e o veículo tombou em uma curva próxima ao cemitério. O ônibus bateu na árvore, que ficou completamente destruída. No impacto, alguns passageiros chegaram a ser arremessados para fora do veículo. 

“A gente viu ali pela cinemática do ônibus que uma árvore está enfincada no teto e pode ter ajudado que esse ônibus não tivesse descido ribanceira abaixo”, explica o sargento Fabiano Sandro Sampaio, do Corpo de Bombeiros. 

Publicidade

Veja uma imagem que contextualiza bem o que foi dito pelo sargento.

Publicidade

Nenhum óbito

Ainda segundo os bombeiros, nenhuma pessoa morreu no acidente, mas 36 passageiros ficaram feridas, cinco em estado grave. Além dos 35 trabalhadores, o veículo ainda transportava o chefe dos funcionários e o motorista, que acabou não se ferindo. 

Publicidade

As vítimas com estado mais graves foram conduzidas ao Hospital das Clínicas de Marília. Outros 24 passageiros foram encaminhados para a Santa Casa de Pompeia, seis para Paraguaçu Paulista e outros três para Tupã.

Segundo a empresa responsável, o veículo passou recentemente por manutenção, e as causas do acidente serão investigadas. Os funcionários estavam sendo deslocados para realizarem o corte de cana em uma fazenda. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade