in

Tratamento para melasma existe e você não precisa mais sofrer com as manchas

O melasma é caracterizado pela produção excessiva da melanina, que é a responsável pela cor dos olhos, pele e cabelo.

Clínica da Cidade

Algumas mulheres, após muito tempo em exposição solar, descontrole hormonal ou usando anticoncepcionais, podem perceber o aparecimento de manchas marrons no rosto, pescoço, colo e braços, estas manchas se chamam melasma. Nos homens, este problema costuma ser menos frequente, representando apenas 10% dos casos.

Publicidade

O melasma é caracterizado pela produção excessiva da melanina, que é a responsável pela cor dos olhos, pele e cabelo de cada indivíduo. O que muitos podem não saber é que esse distúrbio só ocorre de forma hereditária, passado dos pais para os filhos, que quando sofrem algum gatilho, como os apresentados acima, desenvolvem as manchas.

“Há algum tempo, a maioria das pessoas não sabia que o melasmo possui sim tratamento e viviam infelizes com essas manchas. Entretanto, hoje em dia, já contamos com diversas inovações que podem amenizar o problema e reestabelecer a confiança de cada um, por exemplo, os cremes clareadores, o microagulhamento e até lasers que não emitem calor”, diz Dra Thais Sydulovicz, Sócia Proprietária da Clínica TOPFIT

Publicidade

Importante ressaltar que antes de se submeter a algum procedimento, um acompanhamento e planejamento dermatológico é essencial, só assim você conseguirá saber o grau das manchas e qual o tratamento efetivo para cada caso.

Publicidade

O microagulhamento é o tratamento mais famoso e requisitado por elas, é um processo que por meio de pequenas punturas no local afetado, aumenta a vasodilatação, estimulando a produção de colágeno e a absorção de produtos que podem ser utilizados em conjunto. Ele melhora o aspecto da pele, eliminando manchas e, podendo ser também utilizado em processos de rejuvenescimento.

Publicidade

“O protetor solar deve ser o melhor amigo do paciente, antes e principalmente depois de se realizar um tratamento para melasma. Ainda, se manter hidratado e evitar a exposição em luzes artificiais é importante” finaliza a Dra Maikiara Nascimento, Fisioterapeuta Dermatofuncional da TOPFIT.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.