in

OMS faz anúncio animador sobre vacina contra a Covid-19 e cita prazo para imunizante ficar pronto

Vários imunizantes já estão em fase de testes no Brasil, e última fase antes de imunização está avançada.

REUTERS/Dado Ruvic - Jovem Pan

Vivenciando um cenário ainda delicado no combate contra a Covid-19, vários países seguem registrando números alarmantes da pandemia do coronavírus. A principal esperança da população mundial é a chegada de uma vacina. Em escala global, várias já estão em fase de testes avançadas.

Publicidade

Nesta terça-feira (6), o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que um imunizante contra a Covid-19 deve estar pronto até o fim deste ano. 

Tedros solicitou que haja solidariedade e compromisso político dos líderes para que a vacina seja distribuída de forma igualitária, assim que estas ficarem disponíveis. 

Publicidade

“Vamos precisar de vacinas e há esperança de que possamos ter uma vacina até o final deste ano. Há esperança”, disse Tedros em discurso realizado no Conselho Executivo da OMS realizado nos últimos dois dias. 

Publicidade

Aliança mundial

Ao todo, nove imunizantes integram a iniciativa global Covax, – que o Brasil faz parte. O intuito da ação é distribuir cerca de 2 bilhões de doses até o final de 2021. Até o momento, a aliança já conta com 168 países. Contudo, nem China, Rússia e Estados Unidos estão na lista dos países aliados – os dois primeiros estão no desenvolvimento do seus próprios imunizantes.

Publicidade

Recentemente, o governo de Donald Trump afirmou que ao invés de se aliar à Covax, estava buscando acordos bilaterais com o intuito de garantir o fornecimento das vacinas com os fabricantes. O país norte-americano lidera o ranking de infectados e óbitos na escala global da pandemia, seguido pela Índia e Brasil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade