in

Tratamento de Trump contra a Covid-19 teve informações escondidas; médicos fazem revelações preocupantes

Presidente norte-americano fez uso de oxigênio após quadro da Covid-19 piorar.

BBC News

Internado por precaução em uma unidade hospitalar nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump apresenta uma melhora em seu quadro clínico. Neste domingo (04), médicos responsáveis pelo tratamento do governante revelaram que ele precisou receber oxigênio e está sendo tratado com um medicamento utilizado em casos graves.

Publicidade

Apesar de todo cenário, Trump evoluiu no quadro de saúde e já deve receber alta nesta segunda-feira (05), para continuar o seu tratamento na Casa Branca. 

Trump foi internado no hospital militar Walter Reed na última sexta-feira. O presidente norte-americano havia testado positivo para a doença, com a sua esposa no dia anterior. Como medida de precaução, o governante foi levado para o hospital.

Publicidade

Grupo de risco

Além de compor o grupo de risco da Covid-19 pelo fator idade, uma vez que tem 74 anos, Donald Trump é obeso, outro fator que liga o alerta em pacientes que contraem a doença. Com as revelações dos médicos, constata-se que ele teve sintomas preocupantes, que em um primeiro instante não se tornaram conhecidos do público.

Publicidade

Na coletiva de imprensa dos médicos da Casa Branca um dia após a internação de Trump no hospital, a equipe médica se recusaram a responder questionamentos se o presidente teria precisado de oxigênio suplementar em algum momento.

Publicidade

Este procedimento se dá quando o paciente se agrava e o nível de oxigenação cai, sinalizando que o paciente tem um problema respiratório.  

Em nova coletiva neste domingo (04), Sean Conley, chefe da equipe médica, disse ter recomendado o uso de oxigênio por Trump, mesmo o presidente não querendo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade