in

Polícia investiga desabamento de prateleiras que matou funcionária soterrada em supermercado

O desabamento ocorreu na última sexta-feira (2), no supermercado Mix Mateus Atacarejo, em São Luís.

G1/Montagem Ingrid Machado

Na última sexta-feira (2), o desabamento de várias prateleiras em um supermercado no Maranhão, deixou feridos e uma vítima fatal. De acordo com o site G1, Elane de Oliveira Rodrigues, de 21 anos, trabalhava no local e veio à óbito no momento do acidente. Outras oito pessoas ficaram feridas e foram socorridas pelas equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Publicidade

Os Bombeiros terminaram as buscas por mais vítimas na manhã do último sábado (3). Em imagens de vídeo divulgadas na internet é possível observar o momento exato da queda das prateleiras. Clientes e funcionários do supermercado ficaram assustados e correram no momento do desabamento. A Polícia Civil do Maranhão divulgou nota afirmando que iniciaria as investigações sobre o caso.

Em um trecho da nota, a polícia afirmou que peritos apontariam a existência de possível negligência ou imperícia que tenham ocasionado o desabamento. Engenheiros civis, mecânicos e eletricistas estiveram no local até a manhã do último sábado (3). A conclusão do inquérito deve sair em 30 dias.

Publicidade

O Ministério Público do Trabalho também iniciará um inquérito civil para apurar as circunstâncias dos fatos. “O MPT-MA se solidariza com familiares e amigos das vítimas e reforça seu compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas e na garantia de um meio ambiente de trabalho seguro e saudável”, diz um trecho da nota divulgada pelo MP.

Publicidade

A rede de supermercados Mix Mateus Atacarejo emitiu nota onde lamentou a morte da funcionária Elane de Oliveira e se solidarizou com a família da vítima. A empresa ainda afirmou que prestaria toda a contribuição necessária à polícia. Devido ao desabamento, todas as lojas da rede Mix Mateus não abriram as portas no último sábado (3).

Publicidade
Publicidade