in

Eleições 2020: eleitor que faz parte do grupo de risco da Covid-19 vai ter horário preferencial para votar

As pessoas que são parte do grupo de risco para Covid-19 tem receio de ir às urnas.

G1

As eleições municipais de 2020 vão precisar de alguns cuidados devido à pandemia do novo coronavírus. Devido ao isolamento social, o TER – Tribunal Regional Eleitoral decidiu reservar um horário preferencial para o grupo de risco de contágio da Covid-19 na votação.

Publicidade

Mesmo com a medida, o horário não vai ser de exclusividade, por isso a votação vai estar aberta para os outros eleitores. Pessoas maiores de 70 anos não precisa votar se não quiser, já que o voto não é mais obrigatório nesta idade. No entanto, vale frisar que o grupo de risco para Covid começa a partir dos 60 anos. Muitos eleitores estão temerosos em ter que ir às urnas para cumprir o ato de cidadania que é obrigatório no Brasil.

O TER garantiu que as equipes vão precisar seguir à risca uma série de protocolos de higiene, orientando os eleitores a agir da mesma forma, como manter o distanciamento social que é imposto pela pandemia. O voto não é facultativo e os eleitores com menos de 70 anos precisam ir às urnas. Caso contrário, é necessário justificar o motivo de não ter votado.

Publicidade

Quem não votar e não fizer a sua justificativa dentro do prazo de 60 dias, vai ter que pagar uma multa no valor de R$ 3,51, além disso o título fica irregular, não podendo tirar passaporte, RG e nem pode prestar concurso público.

Publicidade

“As filas, elas serão organizadas, inclusive, com marcação no chão, com distanciamento de, aproximadamente, um metro entre uma pessoa e outra. Não haverá contato físico com os mesários. Eleitor sem máscara não pode votar. Os mesários também usarão máscaras, usarão faceshield e também utilizarão o álcool gel e o álcool líquido para desinfecção das mão e objetos“, explicou o presidente do TER do estado de São Paulo, Waldir Sebastião de Nuevo.

Publicidade

Waldir fez questão de frisar que as pessoas que não votarem podem justificar a ausência podendo fazer através de um aplicativo chamado E-Título.

Publicidade