in

Mãe desabafa após ter bebê sem saber que estava grávida: ‘pensei ser apendicite, mas era trabalho de parto’

A jovem chegou a fazer dieta e academia no período e até conseguiu perder 10 quilos.

Vix/Montagem Shyrlene Pereira

Tive bebê sem saber que estava grávida. Pensei ser apendicite, mas era trabalho de parto“, disse Laura Campos. Uma mulher passou por um grande susto no mês de dezembro do ano passado e ela fez um relato contando como tudo aconteceu. A jovem Laura Campos teve um bebê sem saber que estava grávida. Ela começou a sentir uma cólica muito forte e foi correndo para o hospital, pois imaginava que estava tendo uma crise de apendicite.

Publicidade

Contudo, na verdade, Laura estava em trabalho de parto e pouco tempo depois de dar entrada na unidade, ela já estava carregando a filha nos braços. A mulher que é moradora de Americana, interior de São Paulo, contou durante uma entrevista que não fazia a menor ideia de que estava esperando um bebê.

Tanto que estava vivendo normalmente durante toda a gravidez, sem ter nenhum cuidado especial. Inclusive, a jovem revela que fez uma dieta e intensificou os treinos na academia porque queria emagrecer para fazer uma viagem. “Não percebi nenhuma mudança. Eu tinha minha viagem de formatura e queria perder peso, então peguei firme em academia e dieta e perdi quase 10 kg”.
 

Publicidade

Laura conta que teve sangramentos que imaginava ser seu ciclo normal, porém consegue analisar que realmente eram bem menos intensos, mas isso não despertou nenhuma desconfiança na ocasião. Em sua festa de formatura, ela já estava na reta final da gravidez e não tinha nenhuma barriga perceptível. 

Publicidade

Aliás, a comemoração do encerramento do Ensino Médio de Laura ocorreu 13 dias antes de dar à luz ao bebê. Ela tinha completado 18 anos e se preparava para poder prestar vestibular, sem ter a menor noção do que aconteceria alguns dias depois.

Publicidade

Trabalho de parto

O dia 11 de dezembro de 2019, era apenas mais um dia comum. Depois de ter almoçado começou a sentir uma dor leve. Mesmo assim, Laura treinou e trabalhou normalmente naquele dia e tomou um remédio para amenizar a dor e conseguir dormir. No outro dia, a dor estava ainda mais intensa e como estava sozinha em casa pediu para uma amiga lhe socorrer. “Até então, pra mim, eu estava com apendicite. Nem passava pela minha cabeça que eu estava em trabalho de parto”.

Felizmente, tudo correu bem e Laura teve uma bebezinha saudável. Ela sequer tinha um nome para filha. As enfermeiras da unidade improvisaram roupinha para a pequena que recebeu o nome de Alice. Como não estava preparada e tudo foi muito inesperado, a jovem precisou da ajuda de uma psicóloga e assistente social. Hoje em dia, mãe e filha estão muito bem e felizes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.