in

Covid-19: esta vitamina pode baixar mortalidade e é boa notícia para o Brasil

Brasil poderia melhorar nos próximos meses se essa situação se confirmar, como declaram investigadores americanos.

Covid-19 - Accor Hotels

De acordo com um novo estudo, a vitamina D, do sol, pode estar associada a uma redução da mortalidade por Covid-19. Então, com as estações quentes se aproximando, o Brasil poderia viver uma fase melhor da doença, nos próximos meses. Enquanto se aguarda por uma vacina, que poderia chegar para todos nos primeiros meses do próximo ano, essa poderia ser a melhor notícia para o país.
Porém, alguns cientistas ainda aguardam por mais evidências para sustentarem essas afirmações.

Publicidade

Importância do sol também na luta contra a Covid-19

Então, tomar uma quantidade adequada de sol sempre foi encarado como bom para a saúde. No caso da Covid-19, isso poderia não ser exceção. Claro que o sol não cura o coronavírus, nem evita sua propagação. Porém, os doentes da Covid-19 que têm uma quantidade adequada de vitamina D mostram uma recuperação melhor. Pelo contrário, todos aqueles que têm níveis mais baixos de vitamina D teriam uma maior dificuldade para resistir a doença e estariam morrendo mais.

Isso também explicaria que na Europa, os últimos meses foram melhores, na taxa de mortalidade. Apesar de os números estarem subindo novamente agora que começou o outono, a verdade é que durante o verão, os países europeus tiveram menos mortes. Em alguns dias, eles tiveram mesmo zero óbitos por Covid-19. Para alguns cientistas, a explicação poderia estar no sol que incidiu mais forte durante o verão. Porém, outros especialistas estão reforçando que não existem provas suficientes para essas afirmações.

Publicidade

Investigadores analisaram níveis de vitamina D na Covid-19

Agora, investigadores da  Escola de Medicina da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, acreditam ter provas suficientes que comprovam a importância da vitamina D, que provem dos raios solares, na luta contra a Covid-19.

Publicidade

O estudo americano, citado pela Forbes, analisou uma amostra de 235 pessoas que precisaram de cuidados hospitalares e internamento, por causa da Covid-19. Então, a maior conclusão desse estudo é que os doentes com mais de 40 anos que tinham níveis adequados de vitamina D (30 ng/mL) tinham 51,5% menos chance de morrer com a doença viral.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade