in

Renda Cidadã: programa que deve substituir Bolsa Família terá valor maior e todos os detalhes são revelados

Desdobramentos importantes do novo programa serão discutidos nesta segunda-feira (28).

HUGO BARRETO/METRÓPOLES

Em meio ao cenário de crise instaurado por conta da pandemia do coronavírus, os programas do governo federal têm sido de suma importância para os milhões de brasileiros. Depois das incertezas e divergências acerca do Renda Brasil, o governo federal trabalha nos bastidores para viabilizar um novo programa social, que ficaria no lugar no Bolsa Família.

Publicidade

Rebatizado de Renda Cidadã, o programa estará dentro da emenda à Constituição (PEC) emergencial. De acordo com informações do comentarista político da GloboNews, Gerson Camarotti, o novo benefício terá, no mínimo, R$ 25 bilhões a mais do que o Bolsa Família, podendo atingir até R$ 30 bilhões extra. 

No entanto, apesar das altas cifras, o valor a ser pago para cada um dos beneficiários não deve chegar a casa dos R$ 300, como inicialmente chegou a ser cogitado anteriormente. Em informações ao blog do Camarotti, o senador Márcio Bittar (MDB-AC), disse que para financiar o Renda Cidadã, o governo não vai furar o teto de gastos, que prevê que as despesas da União de um ano para outro cresçam somente dentro da mesma taxa da inflação.

Publicidade

“O valor [do benefício individual] ficará mais baixo. Ficará entre R$ 200 e R$ 300 neste primeiro momento. Para isso, tivemos que encontrar uma nova solução orçamentária. Mas não vamos furar o teto. Nesse debate, chegou a ser pensada numa solução extra-teto. Porém, não era ideal e a equipe econômica encontrou uma solução”, disse Bittar. 

Publicidade

Ainda de acordo com Bittar, o valor deverá ser ampliado a cada período, dependendo do aumento do Orçamento. Ao que tudo indica, o anúncio das linhas gerais do Renda Cidadã deve ser feito nesta segunda-feira (28) em uma reunião do presidente Bolsonaro com líderes da base aliada.

Publicidade

Auxílio Emergencial

Também nesta segunda-feira (28) está prevista a divulgação do último calendário do programa Auxílio Emergencial para inscritos via site, aplicativo e Cadastro Único. Depois de quase um mês do anúncio da nova extensão, milhões de beneficiários aguardam com grande expectativa o novo cronograma, para saber quantas cotas de R$ 300 terão direito. 

Publicidade
Publicidade