in

Grupo protesta em frente do mercado que impediu rapaz de entrar por causa de short

Marcos Pascoal foi a um supermercado em Salvador e foi impedido de entrar por causa de short.

IG

Uma das notícias que mais deram o que falar nos últimos dias foi de um jovem que foi impedido de entrar em um estabelecimento comercial. O segurança de um supermercado alegou que ele estava usando um short inapropriado para o ambiente.

Publicidade

O estudante de psicologia Marcos Pascoal foi impedido de entrar em um supermercado na cidade de Salvador, capital da Bahia. O estabelecimento fica no bairro de Itapuã, e o segurança do local o barrou antes mesmo de entrar na loja.

Por conta disso, nesta última quinta-feira (24) um grupo foi até à porta do supermercado para fazer um protesto contra essa atitude dizendo que foi um ato homofóbico. O evento foi chamado de “Ocupação do Shortinho”.

Publicidade

Essa mobilização foi organizada pelos amigos do jovem e ganhou força entre os políticos da capital baiana. Quem também se juntou ao ato foi a Associação dos Moradores de Itapuã, além de algumas ONG’s e alguns grupos de movimento LGBTQIA+.

Publicidade

View this post on Instagram

Ocupação de shortinho na Walmart de Salvador A militância LGBTQIAP+ compareceu em peso no supermercado Walmart em Itapuã, Salvador, onde um jovem estudante gay foi constrangido por usar um short curto. O caso ganhou repercussão e hoje o movimento LGBT baiano esteve no supermercado dando o recado: foi LGBTfobia! O ato contou com @onaruda2 e @petraperon, aue fez um manifesto poético, assista até o final para ver. O município de Salvador tem uma lei aprovada na Câmara de Salvador que visa aplicar multas a estabelecimentos que discriminem as pessoas em decorrência de sua orientação sexual ou identidade de gênero, a Lei Teu Nascismento, mas ainda não regulamentada pelo prefeito ACM Neto. Vídeo: @petraperon e @doistercos Siga @planetafoda e fique por dentro das pautas LGBTQIAP+ #respeito #diversidade #lgbt #salvador

A post shared by Casa NINJA Bahia (@casaninjabahia) on

Publicidade

Petra Peron, uma das militantes desse movimento disse que a vítima desse ato é um integrante da rede afetiva deles, por conta disso também estão acolhendo ele e acompanhando os desdobramentos do caso. Peron disse ainda que o principal objetivo do movimento é fazer a conscientização da população sobre a importância de que todos os estabelecimentos comerciais respeitem a diversidade em Salvador.

Relembre o caso

No último dia 19 de setembro, Marcos Pascoal, de 25 anos de idade, foi impedido de entrar em um supermercado por conta de um short curto. Ele postou o vídeo nas redes sociais, o qual viralizou rapidamente. “O senhor, até esse momento, é homem, então o senhor tem que ajeitar seu short”, disse o segurança. O rapaz só pôde entrar no local depois de ajeitar a vestimenta.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .