in

Mulher se apavora após encontrar cobra em saco de laranja comprado no supermercado: ‘Gritei muito ao ver’

Lorene Lourenço havia transportado as compras no banco de trás de seu carro ao lado do filho.

G1/Divulgação

Um caso inusitado ocorreu em Mogi das Cruzes, São Paulo. O que parecia ser apenas um dia normal com retorno do supermercado, se tornou motivo de aflição para Lorene Lourenço. Ao chegar em casa, a mulher se deparou com uma cobra saindo do saco de laranja que havia comprado. A tosadora afirmou que havia transportado as compras ao lado do filho de 10 anos.

Publicidade

De acordo com o site G1, Lorene afirmou que ao chegar do supermercado pediu para que sua funcionária tirasse as frutas das sacolas que havia trago do mercado. Ao mexer em um saco de laranja, as mulheres se depararam com a serpente saindo do meio das frutas.

Após o ocorrido, a rede atacadista se manifestou através das redes sociais e afirmou que lamentava pelo ocorrido, e que apuraria as circunstâncias dos fatos em sua unidade de Mogi das Cruzes. A prefeitura da cidade também emitiu nota e afirmou que a cobra se trata de uma “falsa coral”, que foi retirada do local por uma equipe da Zoonoses.

Publicidade

Eu gritei muito ao ver e meu filho ficou assustado”, relatou Lorene, que teria ficado apavorada com a possibilidade de a serpente ser venenosa. Uma familiar da tosadora usou uma garrafa pet para prender o animal até a chegada da equipe responsável.

Publicidade

A tosadora contratou os serviços de um advogado para requerer seus direitos perante a Justiça. José Beraldo, advogado de Lorene, afirmou que entrará com um pedido de danos morais contra a rede atacadista, já que a unidade teria a responsabilidade de examinar todos os produtos antes de serem vendidos ao consumidor.

Publicidade
Publicidade
Publicidade