in

Auxílio Emergencial: Caixa paga nova parcela de R$ 300 a quase 2 milhões de brasileiros; quem recebe?

Primeira parcela adicional do benefício começou a ser paga na semana passada.

Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal (CEF) continua, nesta quinta-feira (24), o pagamento da primeira das quatro parcelas do Auxílio Emergencial Residual. Ao todo, 1,6 milhões de brasileiros inscritos no programa e que integram o programa Bolsa Família serão contemplados hoje. Estes possuem o NIS (Número de Identificação Social) 6.

Publicidade

O cronograma para este grupo vai até o dia 30 de setembro, quando beneficiários do NIS final 0 receberão a cota de R$ 300. Para os demais grupos, como sinalizou o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, na última quarta-feira (23), o calendário das parcelas adicionais deve ser divulgado até a próxima segunda-feira (28).

Redução

Fazendo um recorte dos beneficiários do Bolsa Família nestas parcelas adicionais, a redução imposta pelo governo federal representa um corte de quase 3 milhões de beneficiários. Cerca de 16,3 milhões de brasileiros do Bolsa Família receberão as quatro cotas extras, enquanto nas cinco primeiras parcelas, 19,2 milhões de pessoas foram atendidas.

Publicidade

A redução é motivada pela queda de 50% no valor das novas parcelas do Auxílio Emergencial, uma vez que se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300, o beneficiário receberá o Bolsa Família.

Publicidade

Confira abaixo o calendário completo das parcelas adicionais para beneficiários do Bolsa Família:

Menos cotas

Na Medida Provisória fixada pela governo federal, o Auxílio Emergencial trouxe um fato que deixou muitos brasileiros descontentes e preocupados. Isto porque, nem todos terão direito às quatro cotas adicionais de R$ 300, uma vez que o Ministério da Cidadania sinalizou que o benefício só será pago até o dia 31 de dezembro. Nesta configuração, somente os beneficiários do Bolsa Família e quem recebeu a primeira parcela em abril terá os R$ 1,2 mil garantido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade