in

Justiça angolana manda fechar todos os templos da Igreja Universal no país

Por meio de nota enviada à Lusa, a IURD disse estar surpresa com a decisão.

A Tribuna

A justiça de Angola mandou encerrar e apreender todos os templos da Igreja Universal do Reino de Deus no país. De acordo com informações da Agência Lusa, o processo de encerramento deve acontecer de forma gradual.

Publicidade


“Por despacho do Ministério Público, todos os templos da IURD em território nacional estão apreendidos e encerrados, só que o processo de selagem está a ser feito de forma gradual”
, indicou a fonte, acrescentando que só na capital angolana, Luanda, são 211 templos. 

Líderes da igreja no país se declararam surpresos com a decisão de encerrar as atividades da entidade.  

Publicidade


“Por conseguinte, enquanto decorre o processo não podem realizar cultos”
, afirmou uma fonte policial à agência, acrescentando que “para que não se criem mais dúvidas a respeito, as partes serão notificadas nos próximos dias, para aclarar a situação”. 

Publicidade

Os cultos em Luanda estavam suspensos desde março deste ano, uma vez que o país declarou estado de emergência devido à pandemia de coronavírus. 

Publicidade

Através de nota enviada à Lusa, a IURD disse estar surpresa com a decisão. 

A IURD tem estado envolvida em várias polêmicas em Angola, depois de um grupo de dissidentes se afastar da direção brasileira, em novembro do ano passado. As tensões se aumentaram em junho com a tomada de templos pela ala reformista, entretanto constituída numa Comissão de Reforma de Pastores Angolanos, com troca de acusações mútuas relativas à prática de atos ilícitos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.