in

Auxílio Emergencial: nova parcela de R$ 300 será paga a quase 2 milhões nesta segunda (21); quem recebe?

Benefício já distribuiu mais de R$ 200 bilhões aos brasileiros desde sua criação no início da pandemia.

Agência Brasil

O Auxílio Emergencial tem sido uma verdadeira “válvula de escape” para milhões de brasileiros em tempos de crise financeira vivenciada por conta da pandemia do coronavírus. No início do mês, o presidente Jair Bolsonaro anunciou uma nova prorrogação do benefício.

Publicidade

Intitulado de Auxílio Emergencial Residual, a nova fase do programa atenderá os brasileiros até dezembro, mas apresenta uma redução de 50% no valor das parcelas. Ao invés dos R$ 600 (e R$ 1,2 mil para mãe chefe de família), o programa agora pagará R$ 300 por cota, e o dobro do valor para mãe chefe de família.

Bolsa Família

O cronograma de pagamentos dos integrantes do Bolsa Família já contemplou beneficiários cujo o NIS termina em 1 e 2. O calendário será retomado hoje (21), com o NIS final 3, e vai até o dia 30 de setembro, quando beneficiários com o NIS final 0 recebem a sexta parcela. Cerca de 1,6 milhões de pessoas receberão uma nova cota do montante nesta segunda-feira.

Publicidade

Indefinição

Enquanto os beneficiários do Bolsa Família já estão recebendo as cotas extras, o cronograma dos demais grupos sequer ainda foi revelado. 

Publicidade

O grande motivo de apreensão dos brasileiros acerca do calendário é por conta do que ficou estabelecido no texto da Medida Provisória publicado no Diário Oficial da União. Na decisão do governo, o benefício só será pago até dezembro, o que implícita em uma disparidade no volume de cotas de R$ 300 para os brasileiros.

Publicidade

Ou seja, somente quem recebeu a primeira parcela em abril terá direito às quatro cotas adicionais do programa. Quem iniciou o recebimento, em julho, por exemplo, só terá uma parcela extra.

A cargo da Caixa

Nesta semana, em texto publicado no Diário Oficial da União, o Ministério da Cidadania informou que a Caixa Econômica Federal será responsável pela divulgação do novo calendário de pagamentos.

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro em uma live na última quinta-feira (17), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães afirmou quando o cronograma para os demais grupos será divulgado.

“O cronograma será anunciado em breve. Até hoje, nós transferimos R$ 197 bilhões. R$ 68 bilhões foram para o Nordeste e R$ 21 bilhões para o Norte. Quase metade do dinheiro foi para as duas regiões mais carentes do Brasil”, afirmou Guimarães.

Publicidade
Publicidade
Publicidade