Um ano depois: como estão filha e marido de noiva grávida que morreu poucos momentos antes do casamento

Jéssica Victor Guedes faleceu aos 6 meses de gestação após passar mal a caminho de seu casamento.

PUBLICIDADE

No ano de 2019 o sonho da enfermeira Jéssica Victor Guedes e do tenente da Polícia Militar Flávio Gonçalves foi interrompido após uma triste fatalidade. De acordo com o site G1, Jéssica se sentiu mal a caminho de seu casamento com Flávio. A enfermeira estava grávida de seis meses e foi submetida a um parto de urgência.

PUBLICIDADE

A companheira de Flávio acabou falecendo após um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Jéssica teve morte cerebral, porém, os médicos conseguiram salvar o bebê, uma menina, que nasceu prematura medindo cerca de 34 centímetros. À época, Flávio gravou um vídeo em homenagem à esposa e cantou para a filha a música escolhida por ela para o casamento.

Um ano após a morte da mulher, o tenente segue a vida ao lado da filha do casal. Flávio compartilha momentos da paternidade através das redes sociais. Ainda segundo o site G1, o policial contou que a mulher sonhava em morar no interior de São Paulo, e que o casal teria investido em um terreno desde 2016.

Neste mês de setembro, Flávio decidiu se mudar com a filha para o local. “Não tem como fugir de tudo que aconteceu, mas hoje eu só quero celebrar a vida. A vida da minha filha e a vida da mãe dela, que deu tudo pelo nascimento. Existe amor maior que isso?”, celebrou o tenente.

PUBLICIDADE

A filha do casal recebeu o nome de Sophia. A pequena sofre de problemas respiratórios ocasionados pelo nascimento prematuro. Flávio iniciou um novo trabalho na cidade de Itu, São Paulo. O policial contou que apesar da dor sofrida, ele e a filha seriam entusiastas em relação à vida.