in

A novidade da Polícia Federal ao governo do presidente Jair Bolsonaro

Delegada quer saber se houve direcionamento da publicidade oficial para grupos radicais que apoiam o presidente.

G1 / Montagem

O jornal carioca O Globo trouxe informações a respeito de uma suposta investigação da Polícia Federal contra o governo do presidente Jair Messias Bolsonaro. A reportagem foi publicada nesta sexta-feira, 18 de setembro. De acordo com a matéria, a Polícia Federal investiga os indícios de que o governo teria financiado com dinheiro público páginas consideradas ‘proibidas”. 

Publicidade

Essas páginas divulgariam conteúdos chamados “antidemocráticos”, tais como pedidos de fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), por exemplo. Os ataques também seriam feitos à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal. Por enquanto, o jornal carioca O Globo diz que teve acesso a um relatório parcial da Polícia Federal e que esse já estaria tramitando, inclusive, na esfera judicial mais alta do Brasil, o Supremo Tribunal Federal.

Esse relatório apontaria pela primeira vez uma relação de tais atos com a gestão do presidente Jair Messias Bolsonaro. De acordo com o relatório, a Polícia Federal está investigando se os recursos públicos foram direcionados para bancar essas atividades consideradas contra a democracia. 

Publicidade

A Polícia Federal teria recebido tais indícios após a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das fake news. Após essa Comissão, os parlamentares que participaram da mesma, teriam enviado informações de que a  Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) veiculou publicidade nos sites já mencionados. 

Publicidade

A apuração continua para saber como ocorria essa divulgação e quem seria o responsável por estimulá-las.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.