in

Médica picada por cobra durante banho em cachoeira é transferida para SP após campanha; estado é grave

Dieynne foi picada duas vezes enquanto tomava banho em uma cachoeira no MT.

G1

Internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o último domingo (31), a médica Dieynne Saugo foi transferida de avião na noite da última quinta-feira de Cuiabá para o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Ela foi vítima de picadas de uma cobra jararaca durante um banho na Cachoeira Serra Sul, em Nobres, região que fica a 151 km de Cuiabá (MT).

Publicidade

O animal acabou despencando com a queda d´água e atingiu a médica, que foi picada duas vezes, no rosto e no pescoço. Diante do cenário grave no quadro da paciente, familiares dela optaram pela sua transferência por conta dos leitos dos hospitais de Cuiabá estarem sobrecarregados por conta da pandemia da Covid-19, e também pelo fato dos médicos especialistas estarem ocupados em outras funções. 

No início da semana, Dieynne teve que ser submetida ao procedimento de traqueostomia (pequena abertura na traqueia) para que as suas vias aéreas fossem desobstruídas. Antes da cirurgia, a médica tinha 70% das vias comprometidas. 

Publicidade

Vaquinha para Dieynne

Para viabilizar as despesas de transferência e internação, a família de Dieynne organizou uma vaquinha online para angariar fundos, tendo em vista que o plano de saúde da médica é estadual, não atendendo assim internações fora do Mato Grosso.

Publicidade

Nas redes sociais, amigos da médica estão fazendo correntes de oração por ela. Até ser deslocada ao hospital de Cuiabá para receber a aplicação do soro, Dieynne teve que esperar cerca de três horas, uma vez que a distância entre o local do incidente e a capital mato-grossense é de 150 km.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade