in

Auxílio Emergencial: oposição brigará para manter benefício em R$ 600 e detalhes são revelados

Presidente anunciou na manhã desta terça-feira (1º) a prorrogação do benefício com novos valores.

Facebook - Bolsonaro - Caixa

A manhã desta terça-feira (1º) ficou marcada pela oficialização da extensão do Auxílio Emergencial. Direto do Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com aliados e anunciou que o benefício será prorrogado até o fim do ano. O valor das novas parcelas, no entanto, é a metade do que o governo vinha pagando.

Publicidade

E essa redução não agradou muitos integrantes da oposição e do Centrão. De acordo com a coluna do Leonardo Sakamoto, do UOL, parlamentares manifestaram-se contra o projeto, e sinalizaram que vão atuar no Congresso Nacional para mudar a Medida Provisória, com o intuito de manter o Auxílio Emergencial com valor de R$ 600 – ou R$ 1200, para mães-chefes de família.

“Bolsonaro surfou na produção da oposição e do Congresso Nacional e ganhou popularidade. Mas, agora, se revela através da proposta dos R$ 300, que não resolve o problema das famílias e nem ajuda a mudar a realidade da economia em retração”, disse Rogério Carvalho (PT-SE), líder do seu partido no Senado.

Publicidade

Segundo ele, parlamentares tentarão fazer com que o benefício seja mantido no valor original até o final do ano. 

Publicidade

Ao utilizar o termo “surfada”, o parlamentar quis dizer que Bolsonaro assumiu a “paternidade” na criação do Auxílio Emergencial e aproveitou para melhorar a sua popularidade. Inicialmente, a ala econômica do governo chegou a cogitar as novas parcelas do benefício em R$ 200, proposta que foi declinada pelo chefe do Executivo, que subiu as cifras para R$ 300 mensais, no intuito de não ficar como vilão na história.

Publicidade

Calendário

Os cronogramas da 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas devem ser divulgados nos próximos dias. Ao que tudo indica, os beneficiários do Bolsa Família terão prioridade no recebimento, com a data de pagamento iniciando possivelmente no dia 18 de setembro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade