in

Pai, mãe e filha morrem por Covid-19 em um intervalo de três dias e família fica devastada: ‘Foi uma tortura’

Familiares ficaram 30 dias internados, mas não resistiram à luta para a Covid-19, em cidade do interior paulista.

G1

A pandemia do coronavírus segue assolando a população nacional e devastando família. Desde a chegada da Covid-19 em solo nacional, muitas histórias comoventes já foram contadas. Na pequena cidade de São Francisco, interior de São Paulo, a doença ceifou a vida de três integrantes de uma mesma família, dentro de um intervalo de apenas três dias.

Publicidade

Ana Pires da Silva, de 72 anos, teve que enterrar três parentes em dias consecutivos por conta da Covid-19. Em entrevista ao G1, a aposentada que perdeu o irmão, Antônio Pires da Silva, de 81 anos, a cunhada Ana Angélica Ramos, de 78 anos, e a sobrinha, Antonia Angélica Faez, de 58 anos, relatou o drama vivenciado.

“Foi a maior tragédia da nossa família, nunca mais será a mesma. Foi uma tragédia que não iremos esquecer. É uma doença que destrói a família. Se contaminar pode levar vários da sua família”, disse Ana Pires.

Publicidade

Segundo ela, muito possivelmente a sobrinha Antonia Angélica, que trabalhava na prefeitura da cidade, acabou contraindo o vírus e passou para os pais, mesmo eles não morando na mesma residência.

Publicidade

Inicialmente, os três infectados procuraram a unidade básica de saúde de São Francisco e trataram a doença em casa. Contudo, diante do agravamento dos sintomas, eles foram encaminhados para a Santa Casa de Jales (SP), por onde ficaram 30 dias internados. 

Publicidade


“Foi uma tortura, um pesadelo que durou 30 dias. Da primeira internação até o último que morreu foram 30 dias, os piores da minha família”,
disse Ana Pires, que ainda citou que por pouco outra sobrinha da família, que também contraiu a doença, não veio à óbito. 

Casos em São Francisco

A pacata cidade de pouco mais de 3,7 mil habitantes computa quatro óbitos até o momento. O número de casos de infecção é de 54 pessoas. 

Em solo nacional, a pandemia do coronavírus já ultrapassa o índice de 121 mil mortes (619 nas últimas 24 horas) e 3,9 milhões de infectados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade