in

Pai, mãe e filha morrem vítima da Covid-19 em curto intervalo e situação comove cidade do RS

Integrantes de uma família tradicional, pai, mãe e filha foram as três primeiras vítimas fatais do município de Pouso Novo.

Gaúcha ZH

Em um espaço de 19 dias, a Covid-19 foi responsável por devastar uma das famílias mais tradicionais do município de Pouso Novo, situado no Rio Grande do Sul. Ex-prefeito da cidade, Ângelo Bonacina, de 89 anos, a sua esposa, Helena Bonacina, de 83 anos, e a filha do casal, Maria de Lourdes, de 63, não resistiram às complicações oriundas da infecção do coronavírus, e faleceram neste mês.

Publicidade

As três vítimas fatais da Covid-19 são os primeiros óbitos registrados na cidade de Pouso Novo, que conta com cerca de 1,8 mil habitantes. 

Prefeito do município em duas gestões, Ângelo foi o primeiro membro da família que morreu em decorrência da Covid-19, vindo a óbito no dia 8 de agosto. Uma semana depois, a esposa dele, Helena, que trabalhou muitos anos como secretária de Saúde, não resistiu à luta contra a Covid-19. Na última quinta-feira (27), a filha do casal que era bancária e comerciante, também faleceu após complicações. 

Publicidade

Segundo um dos filhos do casal, em entrevista à Gaúcha ZH, Maria de Lourdes vivia em Porto Alegre até março. Contudo, diante da pandemia do coronavírus, ela resolveu se mudar para Pouso Novo no intuito de cuidar dos pais. Os três respeitavam o distanciamento social, mas estavam recebendo visita de familiares à distância. 

Publicidade

“O pai e a minha irmã apresentaram dor no corpo, cansaço e tosse. A mãe não teve tosse. Levamos eles ao hospital de Progresso, mas foram mandados para casa porque não estavam mal. Depois de uns cinco dias, começaram a ter febre. Retornamos ao hospital e, então, não voltaram mais para casa”, disse Carlos Alberto Bonacina.

Publicidade

Ângelo e Maria de Lourdes foram internados no dia 26 de julho em Progresso. Desolada com a ausência dos dois, Helena chegou a chorar por cinco dias até ser hospitalizada. 

Comoção

Por toda a influência e importância da família Bonacina, o município de Pouso Novo ficou devastado com a notícia do falecimento de Ângelo, Helena e Maria de Lourdes. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade