in

Como o humor dos pais pode afetar diretamente a saúde mental do seu filho

Pais mais estressados podem não estar tão envolvidos com o que acontece com seus filhos.

Pais&Filhos

Um novo estudo mostra a ligação dos níveis de estresse e o humor dos pais no desenvolvimento dos pequenos. A pesquisa realizada pela universidade de Michigan, foi publicada nas revistas Infant and Child Development e Early Childhood Research Quartely encontraram uma ligação muito forte entre o humor dos pais, a saúde mental e desenvolvimento dos pequenos.  

Publicidade

A análise foi realizada com 730 famílias, principalmente as de baixa renda. Através de questionários, os estudiosos pediram que as pessoas que participaram fizessem classificações em afirmações sugeridas, como, por exemplo ‘Sinto-me preso pelas minhas responsabilidades como mãe’ ou ‘Às vezes sinto que meu filho não gosta de mim’. Os profissionais que realizaram o trabalho determinaram que quando os pais ficam estressados e apresentam sintomas depressivos, a linguagem dos filhos acaba sendo afetada de forma negativa.

O estudo percebeu que os pequenos apresentavam habilidades de linguagem mais baixas aos três anos. Independente do sexo, o estresse e a saúde mental, ligados aos pais pareciam impactar muito mais a linguagem das crianças do que o estresse das mães. Outro dado considerado interessante é que mesmo quando a mãe tinha influência positiva sobre o filho, o humor do pai ainda era algo muito importante.

Publicidade

A pesquisa também detectou que a saúde mental das mamães de forma geral tem um efeito considerado importante no comportamento dos filhos menores. De maneira curiosa, a depressão dos genitores no período da infância acaba tendo um impacto maior em suas habilidades sociais posteriores dos pequenos do que nos sintomas das mães.

Publicidade

Na verdade, a pesquisa concluiu que diferentemente do que se imaginava, os pais possuem efeitos diretos nos filhos e não somente as mães. Existe um impacto direto nos pequenos, tanto a curto como a longo prazo. Os estudiosos sugerem que os pais que estejam lidando com um alto nível de estresse podem acabar não se envolvendo no que ocorre com as crianças. Isso pode até provocar atrasos na cognição da criança e problemas em seu comportamento.

Publicidade

Portanto, o estudo concluiu conforme explicado por uma das pesquisadoras, Tamesha Harewood, que as mamães precisam cuidar delas mesmas, pois é muito importante para os pequenos. E nessa tarefa os pais precisam ajudar e não devem se sentir menos masculinos por causa disso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.