in

Terremoto na Bahia: tremores de alta magnitude atingem estado da Bahia e assustam moradores

Os tremores considerados de alta magnitude foram sentidos em várias cidades do estado da Bahia.

TVMinas

Terremoto no Brasil? Sim, foi registrado um terremoto na Bahia e o fenômeno atingiu magnitude 4,6. O tremor pode ser sentido na região dos municípios de Mutuípe, que fica localizado no Vale do Jiquiricá, e Amargosa, no Recôncavo Baiano. O fato aconteceu na manhã deste domingo, 30 de agosto, conforme os cálculos realizados pelo Laboratório de Sismologia da UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte.  

Publicidade

Moradores das cidades atingidas pelo fenômeno relataram como foi o impacto do terremoto. Não houve registro de pessoas feridas. O coordenador do Laboratório de Sismologia, Aderson Nascimento, disse que o terremoto teve magnitude alta e foi possível ser sentido na capital baiana.

“A gente fez uma análise preliminar e esse evento maior foi registrado pela rede mundial, foi de magnitude 4,6, a 6 km a sul para sudoeste de Mutuípe e em Amargosa. Salvador fica a pouco menos de 100 km de Mutuípe e, com essa magnitude, ele certamente foi sentido em Salvador”, explicou Aderson.

Publicidade

De acordo com o especialista, o geólogo Eduardo Menezes, disse que os tremores são provocados devido a falhas geológicas. Esses tremores acontecem principalmente no Nordeste do país, locais onde existe uma concentração de áreas sísmicas mais ativadas. Ele afirmou que é normal existirem terremotos de magnitude abaixo de 3 naquela região. Por isso, o que aconteceu na Bahia é considerado alto, já que nessa escala é algo que realmente assusta as pessoas e pode derrubar objetos de prateleiras, além de ser possível sentir janelas e telhados vibrando.

Publicidade

A prefeitura de São Miguel das Matas está realizando o levantamento das residências que acabaram afetadas pelo terremoto sofrendo rachaduras. Conforme o levantamento da Defesa Civil do estado, mais de 50 casas que ficam na zona rural da cidade tiveram rachaduras detectadas pelos profissionais.

Publicidade

A moradora de Amargosa, Daniele Andrade, falou que estava dormindo quando aconteceu o terremoto. Ela disse que ficou bem assustada, pegou a filha e se escondeu debaixo da mesa. Já Leandro Alves, morador de Castro Alves, falou que o abalo foi forte e nunca havia sentido um impacto tão forte e ressaltou que foi um grande susto.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.