in

Damares abre o jogo sobre relação com Flordelis e dispara: ‘ela enganou todo o Brasil’

Ao lado de Bolsonaro, ministra comentou sobre ligação com a deputada em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Extra

Na última quinta-feira (27), Damares Alves foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro a participar de uma live transmitida através das redes sociais. Na ocasião, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos comentou sobre o caso Flordelis e abriu o jogo sobre sua relação com a deputada.

Publicidade

Damares contou que conheceu a história de Flordelis através do cinema, quando assistiu ao filme que falou sobre a vida da deputada.  A ministra disse que seu primeiro contato com a pastora aconteceu em 2013, quando ela se tornou deputada e a procurou para falar sobre a pauta da adoção no Brasil. Damares fez questão de afirmar que essa seria a única ligação entre as duas.

Por ter aparecido em fotos ao lado de Flordelis, Damares disse que já esperava que sua imagem fosse associada a da deputada na internet e se mostrou indignada pelo fato da pastora ter “usado a fé, usado os irmãos e a igreja”, conforme relatou.

Publicidade

“Ela enganou todo o Brasil, não só o segmento evangélico, enganou a nação inteira. Estou muito triste com isso”, lamentou Damares Alves. Para finalizar, a ministra desejou que a pauta da adoção não seja afetada pela “mulher que dizia amar crianças” e pediu que os brasileiros prossigam com as adoções no Brasil.

Publicidade

Desde a última segunda-feira (24), Flordelis vem sendo apontada pela Justiça como a mandante do assassinato do pastor Anderson do Carmo. A deputada não pôde ser presa por ter imunidade parlamenta e ainda não se pronunciou sobre as suspeitas que caem sobre ela. Filhos e uma neta da pastora, que teriam envolvimento no caso já foram detidos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade