in

Catadores de recicláveis encontram mais R$ 35 mil em cofre doado para sucata pela polícia

Polícia Civil fez o recolhimento do cofre e da quantia em dinheiro e agora investiga o caso.

G1

Responsável pela coleta de materiais recicláveis de Araçatuba, interior de São Paulo, a Acrepom encontrou mais de R$ 35 mil em dinheiro dentro de um cofre. O objeto foi descartado pela Polícia Civil como sucata. O caso ocorreu nesta quinta-feira (27).

Publicidade

Segundo a Acrepom, catadores realizaram o desmonte do cofre para que o mesmo fosse vendido como sucata, quando foram surpreendidos ao encontrar um fundo falso, que continha um grande volume de dinheiro. Diante da situação, os líderes da associação acionaram a polícia para efetuar a devolução do montante.

“Nós podíamos dividir o dinheiro entre a gente, mas decidimos fazer o que é certo e devolver à quantia ao proprietário”, disse Silvia Cristina dos Santos, encarregada do pátio da Acrepom. A Polícia Civil foi até o local para recolher o cofre e a quantia em dinheiro. A origem de qual ocorrência o cofre foi oriundo ainda não foi descoberta pela polícia. 

Publicidade

O cofre passará por uma perícia para que seja realizada a análise se o fundo falso era de fácil percepção ou não. O objetivo das investigações é identificar se houve negligência da polícia na entrega do objeto para a associação. O dinheiro recolhido ficará em juízo, até que seja identificada a origem.

Publicidade

De acordo com a Acrepom, algumas notas já estavam se deteriorando no cofre, fato este que indica que o dinheiro já estava guardado por muito tempo. 

Publicidade

Incêndio

Há dois meses, a sede da Acrepom foi atingida por um incêndio criminoso, que acabou destruindo parte do prédio e maquinários. A associação, que possui 26 famílias cooperadas, retomou as suas atividades, mas precisa de R$ 70 mil para recuperar as máquinas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade