in

Auxílio Emergencial: Caixa libera pagamento para quase 5 milhões de brasileiros; quais grupos recebem?

Auxílio Emergencial tem sido um alento para os brasileiros em tempos de pandemia.

Divulgação - UOL

A Caixa Econômica Federal (CEF) realiza nesta quinta-feira (27), mais uma remessa de pagamentos do programa Auxílio Emergencial. Além dos beneficiários que integram o Bolsa Família, outros grupos também poderão efetuar o saque e transferência do montante de R$ 600, totalizando cerca de 4,8 milhões de pessoas atendidas.

Publicidade

O cronograma de pagamentos do Bolsa Família contempla os beneficiários que possuem o NIS (Número de Identificação Social) final 8.

Os demais beneficiários tiveram o dinheiro liberado na poupança digital no dia 12 de agosto, e agora podem movimentar o dinheiro transferindo ou sacando a quantia.

Publicidade

Confira o calendário de pagamentos desta quinta (27):

Publicidade
  • Beneficiários aprovados no primeiro lote podem sacar três e quarta parcela
  • Beneficiários aprovados no segundo lote podem sacar a segunda e terceira parcela
  • Beneficiários aprovados no terceiro e quarto lote podem sacar a segunda parcela
  • Beneficiários aprovados no quinto lote podem sacar a primeira parcela
  • Beneficiários aprovados no sexto lote podem sacar a primeira parcela
  • Aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, poderão sacar a terceira e quarta parcelas 

Prorrogação

Pelo que foi sinalizado pelo presidente Jair Bolsonaro neste início de semana, o governo federal deve anunciar a nova extensão do Auxílio Emergencial até esta sexta-feira (28). Nos bastidores, ainda há uma forte discussão acerca dos valores das novas parcelas, que serão menores que o habitual R$ 600.

Publicidade

Enquanto o chefe do Executivo quer um valor de R$ 300 ou mais, a equipe econômica, chefiada pelo ministro Paulo Guedes, quer um valor menor. Esta divergência de valores também ocorreu no programa Renda Brasil, que seria lançado pelo governo federal, mas teve a sua suspensão provisória decretada pelo presidente na última quarta-feira (26).

Publicidade
Publicidade