in

Político que invadiu casa de menina abusada pelo tio é denunciado e pode pagar caro após ‘terror psicológico’

O homem foi denunciado pelo Ministério Público pela divulgação de dados de forma ilegal sobre o caso da menor abusada pelo tio.

UOL

Na última quinta-feira (20), o Ministério Público ajuizou mais uma ação no caso da menina de 10 anos, abusada pelo tio. Inúmeras denúncias estão sendo realizadas contra pessoas que pressionaram a família da menor de alguma forma. Desta vez, o órgão promoveu denúncia contra Pedro Teodoro dos Santos, pré-candidato a vereador, que poderá pagar uma alta indenização à família da criança.

Publicidade

De acordo com o site UOL, Pedro Teodoro dos Santos teve acesso a dados de forma ilegítima sobre o caso dos abusos sofridos pela menor. Segundo o Ministério Público, o homem usou suas redes sociais para publicar uma mensagem que defendia a proteção à vida, se opondo à realização do aborto.

O homem chegou a pedir para que internautas lhe ajudassem a compartilhar a publicação. A postagem foi feita após ser divulgado na mídia que a menina passaria pelo procedimento de interrupção da gravidez autorizada judicialmente.

Publicidade

Ainda segundo o MP, o homem também participou de uma manifestação na porta da casa da família da menor no último dia 15 de agosto. “Invadiu a residência sem que tivesse permissão para tanto. Uma vez dentro da casa, promoveu o que se pode chamar de ‘terror psicológico’ sobre a responsável pela criança, relatou o MP.

Publicidade

Caso condenado, Pedro Teodoro dos Santos terá que pagar a quantia de R$300 mil reais à família da menor. A menina de 10 anos e seus familiares já fazem parte do Programa de Proteção à Testemunhas, e terão nomes e endereço modificados. O tio da criança foi preso pela polícia na região de Betim, Minas Gerais, e confessou “informalmente” que teria praticado os abusos contra a sobrinha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade