in

Professora cria biblioteca em praça pública para crianças, mas criminosos furtam livros

Chateada com a situação, a docente pediu que as pessoas possam fazer doações de livros.

Patos Hoje

Uma professora teve uma ideia genial e lançou um projeto para lá de especial. A docente Alessandra Gomes Silva, moradora da cidade de Patos de Minas, teve uma iniciativa para poder ajudar a crianças a desenvolverem o hábito pela leitura, algo tão complicado em uma era em que a tendência é tudo ser digital.

Publicidade

A biblioteca foi feita em uma árvore, porém algo que a professora nunca imaginou acabou acontecendo. Infelizmente, bandidos colocaram fim ao projeto e furtaram os livros nesta quinta-feira, 20 de agosto. Muito triste e decepcionada, Alessandra decidiu solicitar a ajuda das pessoas com doação de mais obras.

A biblioteca foi colocada na Praça Recanto dos Pássaro, que fica localizado no Bairro Laranjeiras. A professora é especialista em educação infantil e optou por não gravar entrevista. Ela disse que fez um pequeno baú cheio de livros e pendurou alguns nas árvores da pracinha. A docente ressaltou que muitas das obras eram novinhas, algumas ela mesma adquiriu e outras foram ganhadas. No entanto, ela fez questão de ressaltar o quanto o hábito de ler é algo importante.

Publicidade

Contudo, os criminosos acabaram estragando o projeto levando embora os livros. A biblioteca foi criada ontem e na manhã desta quinta-feira, 20 de agosto, parte dos livros já não estava mais no local. Quando abriu a janela do quarto, ela percebeu que o baú ornamentado que guardava as obras havia sido furtado.

Publicidade

Parte dos enfeites que foram usados para enfeitar o baú estavam no chão da pracinha. Apenas os livros que estavam pendurados na árvore restaram no local. Chateada com a situação, a professora contou que sua pretensão é conseguir uma geladeira e tentar acorrentar com um cadeado. Ela ainda destacou que gostaria de receber doações para a biblioteca, já que somente tinha livros infantis e caso os moradores queiram fazer doações de outros livros, segundo ela, seria muito interessante.

Publicidade

Alessandra mora na frente da pracinha e aproveitou a oportunidade para frisar o que os livros são para os pequenos e orientou os pais a incentivarem o hábito da leitura aos filhos. As crianças podem pegar os livros e depois devolverem, explicou a docente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade