in

Equipes de resgate cuidam de animais que sobreviveram à explosão em Beirute

Animais de pessoas feridas e mortas, bem como abandonados, ficaram feridos e vivendo entre escombros por vários dias.

Four Paws/Montagem Guti M.

No começo de agosto duas terríveis explosões na zona portuária de Beirute, no Líbano, ceifaram a vida de mais de 200 pessoas, além de ferir mais de 5 mil, de acordo com dados divulgados pelo governo local e pela BBC News. Não foram só pessoas que perderam suas vidas ou ficaram feridas com a explosão: vários cães e gatos também.

Publicidade

Pensando em quem considera animais de estimação como membros de sua família que a organização global de bem-estar animal sem fins lucrativos, Four Paws (Quatro Patas, em tradução livre) se juntou com a associação Animals Lebanon (Animais do Líbano), para realizar o resgate dos bichinhos feridos na explosão. Eles garantem que continuarão trabalhando nas próximas semanas para resgatar mais animais que estão vivendo nos escombros e região, muitos com graves ferimentos.

Há animais que possuem donos e estão perdidos, bem como muitos pertenciam às pessoas feridas ou mortas na explosão. Também há cães e gatos abandonados que se machucaram e estão sofrendo desde o acidente.

Publicidade

A Animals Lebanon divulgou em seu site oficial o balanço dos trabalhos desde que ocorreram as duas terríveis explosões. O resgate começou cerca de duas horas após o acidente e receberam mais 400 pedidos de ajuda para os animais feridos ou desaparecidos. Cerca de 300 pessoas se voluntariaram para ajudar nas buscas e resgate, bem como há 83 animais recebendo cuidados veterinários atualmente. 71 cães e gatos já estão no abrigo da organização e 45 estão prontos para adoção.

Publicidade

A organização também conseguiu reunir 104 animais com seus donos. Distribuíram mais de 3 mil quilos de ração para os animais que de alguma forma foram afetados pelo desastre.

Publicidade

A Four Paws conta com veterinários em sua equipe e começou atendendo os animais que já haviam sido recolhidos do local da explosão, os atendendo e tentando reencontrar suas famílias. Com a Animals Lebanon estão trabalhando no local do acidente para resgatar outros animais, bem como pretendem continuar os trabalhos nos próximos dias.

Caso não consigam reencontrar as antigas famílias dos animais, eles serão colocados para adoção, após o devido tratamento, já que os animais se dividem entre ferimentos superficiais e problemas mais graves, até mesmo infecções decorrentes dos dias que estão feridos sem cuidados médicos.

Aproveitando os dias de trabalho de resgate, também estão vacinando os animais de rua contra a raiva, para evitar outro problema futuro. As buscas não estão sendo nada fáceis, devido ao período da pandemia, pois há muitas restrições e cuidados que a equipe precisa tomar e que em outro momento do passado não era necessário.

O médico veterinário Dr. Amir Khalil, que trabalha para a Four Paws, salientou o quanto tem sido difícil os resgates em meio a pandemia. A situação política instável do país também inspira cuidados no resgate. Amir garante que colocarão todas as suas forças no cuidado com esses animais sobreviventes nas próximas semanas.

Além das buscas por cães e gatos feridos e debilitados em meio aos escombros e região, as autoridades locais também seguem as buscas por corpos de pessoas que ainda estão desaparecidas desde o dia da explosão.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades