in

Neve, geada e chuva: chegada da massa de ar frio intensa promete mudar clima de norte a sul do Brasil

Algumas partes do sul devem registrar neve, e temperaturas poderão cair mais de 15º C em algumas regiões do país.

Reprodução: Jornal Comércio

Após ameaça de nuvem de gafanhotos, danos com ciclone bomba e a luta contra o coronavírus, o Brasil se prepara para receber um fenômeno natural que, segundo especialistas, é de grande relevância. Uma onda de frio histórica vai atingir o país e pode até mesmo causar alguns estragos devido à sua dimensão.

Publicidade

De acordo com meteorologistas, a onda de frio intensa deve atingir o país inteiro e a previsão é que a temperatura despenque de norte a sul. A massa de ar frio deve provocar uma mudança drástica na temperatura, causando granizo, chuva, muito frio e até neve nos próximos dias.

Já é a terceira vez que a onda de frio atinge o país em 2020, porém, não com a mesma intensidade e abrangência. “A dimensão dela será parecida com o frio histórico de 1955, 1963, 1975 e 1985”, disse o meteorologista Francisco de Assis.

Publicidade

Segundo especialistas, a massa de ar frio provocará chuvas fortes na maior parte do Brasil. Nas localidades mais quentes do país, como o estado do Mato Grosso do Sul, que chegou a registrar temperaturas de 40º nos últimos dias, a queda da temperatura pode ser de até 15º.

Publicidade

Os meteorologistas acreditam que o fenômeno que atingirá o Brasil será de grande intensidade. As regiões sudeste e centro-oeste podem atingir as temperaturas mais baixas de 2020.

Publicidade

As condições climáticas estarão favoráveis à formação de neve no sul do país, e isso tem gerado expectativa na população, já que é um fenômeno raro de acontecer no Brasil. Além da neve no sul, é esperado que ocorra geada no sudeste e também no sul.

Publicidade