in

‘Perdi o chão’: o desabafo da avó da menina de 10 anos abusada pelo tio

Sem ter a identidade revelada, mulher responsável pela criança falou sobre o crime.

O Globo

O caso da menina de 10 anos que foi abusada pelo tio, no Espírito Santo, ganhou repercussão na mídia e levantou discussões sobre o crime praticado contra a criança, que acabou engravidando. Nesta quarta-feira (19), o site O Globo trouxe uma matéria onde a avó da vítima desabafa e conta reação ao descobrir o que a neta passava desde os 6 anos.

Publicidade

Vendedora ambulante e com vida simples, a avó foi a responsável por levar a menina ao médico após a criança sentir fortes dores abdominais. A neta acabou confessando que era abusada pelo tio e a gestação foi confirmada após exames.

“Perdi o chão”, desabafou a avó ao saber que a neta era abusada pelo parente. A vendedora ambulante ainda contou que foi pressionada a não autorizar a neta a abortar, com pedidos de que a menina levasse a gestação adiante e depois colocasse o bebê para adoção.

Publicidade

“É claro que eu criaria, mas minha filha estava em risco”, contou a avó, que chamou a neta de filha em conversa com uma enfermeira, já que criou ela desde o primeiro mês.

Publicidade

A menina acabou realizando o aborto, respaldada pela Justiça, e o risco de morte foi confirmado pelo médico que realizou o procedimento. Caso levasse a gestação adiante, a criança poderia morrer, uma vez que já teria desenvolvido diabetes gestacional.

Publicidade

A criança, que é orfã de mãe, e tem pai preso, vivia com os avós quando sofreu os abusos. O crime teria começado há quatro anos, quando o acusado cumpria pena em regime semiaberto após ser detido por tráfico de drogas. O suspeito não é tio biológico da menina, mas companheiro da tia da criança com quem tem uma filha, e tinha total acesso à menina.

Publicidade
Publicidade
Publicidade