in

Menina de 10 anos se mostra aliviada e desabafa após saber de prisão do tio

Homem de 33 anos foi preso pela polícia na madrugada da última terça-feira (18), em Betim.

UOL

Se recuperando do procedimento de aborto realizado na última segunda-feira (17), a menina de 10 anos que engravidou vítima de estupro segue internada em Recife. De acordo com informações do jornal O Globo, a criança ficou sabendo por intermédio de um celular que o tio que abusou dela por anos foi preso na última terça-feira (18).

Publicidade

Aliviada, a menina tinha medo que o tio matasse o avô, e por conta disso não revelou a violência antes. “Ainda bem, porque o vovô pode sair para a rua agora”, disse a menina.

Essas informações foram repassadas pela avó para Paula Viana, enfermeira e coordenadora do Grupo Curumim, parceiro do programa Pró-Marias, de atendimento às vítimas de violência, no Cisam (Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros).

Publicidade

A menina de 10 anos é criada pela avó desde quando tinha 27 dias, e por conta disso a chama muitas vezes de mãe. Ao tomar conhecimento dos abusos que a neta sofria, a avó afirmou ter “perdido o chão”. Segundo ela, uma grande pressão para que a menina continuasse a gravidez foi feita.

Publicidade

Apesar de se mostrar disposta a criar a criança que viria ao mundo, ela se preocupava com o risco de vida da neta, que já estava com cinco meses e tinha desenvolvido um quadro de diabetes gestacional.

Publicidade

Procedimento

De acordo com Paula Viana, antes do aborto, a menina de 10 anos apresentava um semblante sério e fechado. Ela conta que a criança não reclamou de exames e injeções. Após a realização do procedimento, a enfermeira que acompanhou a menina desde a sua chegada em Recife, relatou que a menina tem mostrado com uma cara de alívio e radiante, exibindo os vários presentes que recebeu.

Publicidade
Publicidade