in

Irmã de ex-presidente morre vítima da Covid-19 e ele desabafa nas redes sociais

Ex-presidente publicou mensagem emocionante nas redes sociais após o falecimento de irmã mais velha.

Portal dos Famosos

A pandemia do coronavírus segue computando novos casos em larga escala na América Latina. No último domingo (16), a irmã mais velha do ex-presidente boliviano Evo Morales, Esther Morales Ayma, de 70 anos, morreu vítima de complicações da Covid-19. A informação foi confirmada pelo jornal “El Deber”.

Publicidade

De acordo com o periódico, Esther Morales estava internada na UTI do hospital de Oruro-Corea desde o dia 9 de agosto, com quadro positivo para a Covid-19. Dois dias antes de sua internação, a família procurou de forma incessante uma vaga para ela em diversas clínicas particulares. Contudo, não obteve sucesso pela ausência de oxigênio medicinal em Oruro.

Publicidade

Evo se pronuncia

Em suas redes sociais, o ex-presidente Evo Morales lamentou a morte da irmã, que segundo ele a considerava como uma “mãe”. Esther Morales era a irmã mais velha de Evo.

Publicidade

O ex-presidente Evo Morales lamentou a morte no twitter. “Por que tanto ódio, racismo e perseguição política que me impedem de ver minha única irmã pela última vez”, escreveu.

Publicidade

Sepultamento

Segundo informações da imprensa local, a irmã de Evo Morales será enterrada em Orinoca, cidade natal. 

Esther Morales tinha desejo de se tornar primeira-dama da Bolívia no tempo em que o irmão governava, se baseando no fato de que Evo não era casado. O ex-presidente, no entanto, não permitiu que ela assumisse a função. Esther era bem próxima de Evo e costumava acompanhar o ex-presidente em suas viagens oficiais. 

Até o momento, a Bolívia acumula quase 100 mil casos positivos da Covid-19 e pouco mais de 4 mil mortes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade