in

Personal trainer morta por casal de vizinhos após discussão levou mais de 30 golpes de faca

Homicídio ocorreu após uma discussão entre vizinhos em Vila Anchieta, em São José do Rio Preto, São Paulo.

Foto: Reprodução/Instagram - Divulgação IG

Um assassinato assustou moradores de São José do Rio Preto, São Paulo, na última quarta-feira (12). A personal trainer Andressa Serantoni, de 28 anos, foi assassinada após se desentender com um casal de vizinhos no bairro onde morava. De acordo com o site IG, a jovem levou mais de 30 facadas durante o ataque.

Publicidade

Segundo testemunhas, a discussão teve início após a suspeita começar a filmar a personal trainer com um celular. Andressa teria ido tirar satisfações com a vizinha quando a briga ficou acalorada. O marido da mulher, identificado como Joel Fernandes Santos, entrou na discussão e golpeou a jovem por diversas vezes.

De acordo com o site Metrópoles, uma testemunha revelou que a suspeita, Sidileide Normanha de Paixão Santos, segurou a vítima e pediu para que o marido pegasse duas facas do carro para “resolver” o assunto. As mais de 30 facadas acertaram Andressa na região do tórax, pescoço, além de mãos e braços, indicando tentativa de defesa. A jovem não resistiu aos ferimentos e veio à óbito no local.

Publicidade

Vizinhos revelaram que o casal já possuía a prática de filmar as pessoas na rua. Após o crime, a polícia foi acionada e invadiu a residência dos suspeitos, conseguindo prendê-los em flagrante pelo assassinato da personal.

Publicidade

Populares depredaram o carro do casal, revoltados com a violência da morte de Andressa Serantoni. De acordo com a polícia, os suspeitos possuem quatro filhos. Os menores estavam na residência da família no momento do crime e foram encaminhados ao Conselho Tutelar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade