in

OMS dá informação preocupante sobre vacina contra Covid-19: ‘Talvez nunca exista’

Coronavírus já vitimou mais de 94 mil pessoas em solo nacional e números seguem crescendo.

Reprodução - Globo

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, deu uma declaração alarmante nesta segunda-feira (03) para a população mundial. Segundo ele, a vacina ou cura para a Covid-19 podem não se tornar realidade.

Publicidade

“Não existe bala de prata no momento e talvez nunca exista”, disse Tedros, que acrescentou que, no momento, há vários imunizantes em fase de testagem, mas há sim a possibilidade de que nenhum deles ofereça a proteção esperada.

De acordo com a OMS, 25 vacinas já estão sendo testadas em humanos, sendo que três delas já estão na fase 3, a última etapa antes da conclusão dos estudos.

Publicidade

“Há preocupação de que talvez não tenhamos uma vacina que funcione. Ou que a proteção oferecida possa durar apenas alguns meses, nada mais”, declarou Tedros.

Publicidade

Apesar deste cenário de incógnita, o diretor da OMS disse que há uma grande esperança de que os estudos que estão sendo desenvolvidos em uma velocidade ímpar na história da medicina, apontem a eficácia dos imunizantes.

Publicidade

Números no Brasil

Segundo país mais afetado pela pandemia da Covid-19 em ranking mundial, o Brasil segue registrando um número elevado de novos casos e milhares de óbitos diariamente.

Somente no mês de julho, mais de 32 mil pessoas morreram no país, o cenário mais crítico desde o surgimento dos primeiros casos. 

De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, o país sul-americano já ultrapassava a marca de 94 mil óbitos, e 2,7 milhões de casos confirmados – destes, quase 1,9 milhão já se recuperaram da doença.

Publicidade
Publicidade
Publicidade