in

Covid-19: Butantan começa a distribuir vacina, cinco estados irão receber; aplicações já estão sendo feitas

O estado de São Paulo é o que está mais avançado em relação às aplicações; a vacina começou a ser distribuída para os outros estados.

Reprodução: Bhaz

Diversas vacinas contra o novo coronavírus vêm sendo testadas em todo o mundo. No Brasil, não é diferente. O Instituto Butantan, juntamente com a empresa famacêutica chinesa Sinovac, está desenvolvendo a chamada CoronaVac. Ela já está na sua terceira fase e as aplicações já foram iniciadas em um estado.

Publicidade

Ao todo, doze centros de pesquisa espalhados por cinco estados do país, mais o Distrito Federal, irão testar a vacina. As doses já começaram a ser distribuídas pelo Instituto Butantan. O estado de São Paulo é o que se encontra em situação mais avançada em relação ao estudo. As aplicações já foram feitas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul compõem a lista dos cinco estados que receberão a vacina, tendo a distribuição sido iniciada. As aplicações serão feitas somente em voluntários da área da saúde, como médicos, enfermeiros e paramédicos, desde que todos estejam atuando na linha de frente ao combate da Covid-19.

Publicidade

O estudo será desenvolvido da seguinte forma: os voluntários serão divididos em dois grupos, um receberá a dose da CoronaVac e o outro um placebo, isto é, uma substância sem efeito. A escolha dos componentes de cada grupo será feita por sorteio, todos os participantes receberão duas doses da vacina, com um intervalo de duas semanas separando uma aplicação da outra.

Publicidade

O governador do estado de São Paulo, onde as aplicações já começaram, explicou que todos os voluntários serão acompanhados por uma equipe científica, até mesmo com membros internacionais, tendo em vista que a vacina é considerada uma das mais avançadas do mundo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade