in

Em meio à pandemia de Covid-19, Bolsonaro melhora aprovação e lidera pesquisas para 2022

Presidente da República venceria todos os concorrentes no segundo turno da disputa.

Câmara dos Deputados

O presidente Jair Bolsonaro tem ao menos duas notícias para comemorar nesta sexta-feira (24), dia em que o instituto Paraná Pesquisas divulgou levantamento que mostra que o atual presidente lidera a corrida presidencial para 2022 e vence qualquer adversário no segundo turno.

Publicidade

De acordo com o levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 18 e 21 de julho, a aprovação de Jair Bolsonaro no Nordeste saltou de 30,3% para 39,4%.
No mesmo levantamento, Bolsonaro seria reeleito em todos os cenários se as eleições fossem hoje.

Bolsonaro aparece na liderança dos três cenários do primeiro turno, mas em nenhum deles definiria a eleição nesta etapa. No cenário 1, Bolsonaro tem 29% e Sergio Moro aparece na segunda posição, com 17,1%. Fernando Haddad, do PT, aparece apenas na terceira posição, com 13,4% (veja quadro completo abaixo).

Publicidade

Bolsonaro vence todos os concorrentes no segundo turno

O Paraná Pesquisas divulgou seis cenários para o segundo turno. Bolsonaro vence todos os concorrentes. Contra Fernando Haddad, por exemplo, o atual presidente venceria com 46,6% dos votos contra 32% do petista. Contra o governador de São Paulo, João Doria, a vantagem seria de 51,7% contra 23%. Doria não é muito conhecido nacionalmente (veja o quadro completo abaixo).

Publicidade

Contra Sergio Moro, Bolsonaro ficaria com 44,7% dos votos contra 35% do seu ex-ministro de Justiça e Segurança Público. Bolsonaro também bateria Ciro Gomes (PDT), com vantagem de 48,1% ante 31,1% do ex-governador do Ceará e ex-ministro dos governos petistas.

Publicidade

Além da vantagem, Bolsonaro também tem outro motivo para comemorar. A avaliação positiva do governo saltou de 40% no começo do mês para 43%. A desaprovação caiu de 47% para 46%, segundo levantamento do DataPoder360. São duas grandes notícias em meio às críticas pela condução do governo durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!