in

Casal de idosos e filho morrem vítimas de Covid-19; 13 pessoas da família foram infectadas

Coronavírus já vitimou quase 80 mil pessoas, segundo o último balanço divulgado.

Divulgação - G1

A pandemia do coronavírus segue assolando a população brasileira e devastando famílias. No Rio Grande do Sul, um casal de idosos e o filho, de 58 anos, morreram em decorrência da doença dentro de um intervalo de três dias. Segundo familiares, 13 pessoas da família acabaram testando positivo para a Covid-19. Destas, duas seguem internadas em hospitais de Gramado e Vacaria.

Publicidade

O casal de idosos morava em uma propriedade que fica cerca de 50 km do centro do município de São José dos Ausentes. A cidade conta com apenas 3,5 mil habitantes e tinha registrado até o momento quatro casos e duas mortes por Covid-19. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde.

Em entrevista ao G1, a neta do casal disse que desde o início da pandemia os familiares se revezavam nos cuidados para com os idosos.

Publicidade


“Todo ‘finde’ era um filho responsável por vir, para fazer a lida de campo, do gado. Naquele fim de semana, era meu tio Odilon. Ele não tinha sintoma algum que pudesse gerar qualquer preocupação ou desconfiança”,
disse Aline. 

Publicidade

Solon Gonçalves Padilha, de 88 anos, veio a óbito na última quinta-feira (16). Após 72 horas, a esposa dele, Leonor Alano Padilha, de 84, e o filho do casal, Odilon Alano Padilha, não resistiram à luta contra a Covid-19, e também faleceram.

Publicidade

De acordo com a família, Odilon não tinha nenhum histórico de doença e estava internado desde o dia 7 de julho, e quatro dias depois teve o diagnóstico positivo para o coronavírus. Já Solon era diabético e Leonor sofria de hipertensão e problemas cardíacos. 

Covid-19 no RS

Com base no último balanço divulgado pelas autoridades de saúde, o Rio Grande do Sul computava 47.113 casos de infectados e 1.252 óbitos em decorrência da doença.

Publicidade
Publicidade
Publicidade