in

Covid-19: este é o sintoma mais comum de infeção pelo coronavírus

Investigação concluiu quais são os três sintomas mais comuns, antes de a pessoa testar positivo para o coronavírus.

Coronavírus - Sábado

A Covid-19 já fez mais de 600 mil vítimas mortais, por todo o mundo. Mais de 80 mil mortes só no Brasil, uma enfermidade que está paralisando a todos. Sem vacina ou uma cura, os receios vão continuar por mais tempo, quando, aos poucos, se vai descobrindo sempre um pouco mais sobre esse coronavírus. Apesar de não ser totalmente efetivo, a verdade é que todo o conhecimento pode ajudar a controlar melhor essa pandemia.

Publicidade

Dor de cabeça é o sintoma mais comum de Covid-19 

Seguindo todas as recomendações do distanciamento social, uso de máscara, uma boa desinfeção acaba diminuindo as probabilidades de infeção, o que nesse momento, é o mais importante. A melhor maneira de lidar com esse vírus é mesmo não pegar, e acabar ficando doente e, possivelmente, passar para outros.  

Também muito importante é se conhecer os sintomas. Um diagnóstico rápido vai ter um tratamento mais adequado e vai evitar que a pessoa infetada fique passando o vírus para seus familiares e amigos mais próximos. Nesse sentido, de acordo com uma investigação do Imperial College London, o sintoma mais comum do  coronavírus é a dor de cabeça.  

Publicidade

Ainda assim, importa revelar que após esse estudo, os investigadores concluíram que apenas três em cada dez infetados está sentindo sintomas antes de testar positivo. Ou seja, 70% não têm qualquer sintoma que indique que a pessoa possa estar infectada. Essa pesquisa foi realizada em 120 mil doentes ingleses, analisando os sintomas uma semana antes de darem positivo no teste.  

Publicidade

Três sintomas mais comuns de Covid-19 

Porém, dentre os pacientes que revelaram sintomas, a dor de cabeça é o mais comum. Então, segundo esses investigadores britânicos, 62% das pessoas que tiveram sintomas de Covid-19 reportaram ter sofrido de dor de cabeça, após ficarem infectados. Claro que qualquer pessoa pode ter uma dor de cabeça, mas nesse momento de pandemia, importa estar mais alerta para esse e outros sintomas, uma vez que é bem frequente indiciando a infeção. 

Publicidade

Em segundo lugar, a congestão nasal, é o sintoma que está afetando mais de metade dos doentes. Finalmente, no pódio dos sintomas aparece a diarreia, alcançando um terço dos doentes sintomáticos. 

Publicidade
Publicidade