in

Brasil registra quase 80 mil mortes por Covid-19 e fala de Bolsonaro repercute

Presidente afirmou, em março, que no ‘tocante ao coronavírus’ a previsão de mortes era igual a da H1N1, que matou 796 pessoas em 2019.

Flickr Alan Santos

Esta segunda-feira (20) marcará o dia em que o Brasil registrará 80 mil mortes por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. De acordo com dados oficiais do Ministério da Saúde, o país registrou até o momento 79.488 óbitos em decorrência da Covid-19. Faltam apenas 512 para atingir a triste marca de 80 mil, segundo os dados oficiais.

Publicidade

Os Estados Unidos lideram o ranking de mortes, com 140.541, de acordo com dados compilados pela Universidade Johns Hopkins. O Reino Unido é o terceiro da lista, com 45.385 óbitos até este domingo. No quarto lugar, aparece o México, que deixou Itália (35.045) e França (30.155) para trás. O país contabiliza 39.184 mortes.

O Brasil é o segundo país com o maior número de casos, com 2,098 milhões. Os Estados Unidos também lideram este ranking, com 3,773 milhões de casos de Covid-19. Em meio a tudo isso, uma frase dita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em março, poucos dias depois de o Brasil ter registrado a primeira morte em decorrência da Covid-19.

Publicidade

Bolsonaro falou em 800 mortes por Covid-19

No dia 16 de março, o Brasil registrou a primeira morte em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus. No dia 22 de março, Bolsonaro deu entrevista e deu sua previsão de mortes por Covid-19 no país. O número comentado por Bolsonaro à época tem sido menor que o número de óbitos por dia.

Publicidade

“Nós não podemos extrapolar na dose porque com o desemprego aí acontecendo a catástrofe será maior. O número de pessoas que morreram de H1N1 no ano passado foi na ordem de 800. A previsão é não chegar a essa quantidade de óbitos (796) no tocante ao coronavírus”, afirmou Bolsonaro à época. Em quatro meses, o número de óbitos é 100 vezes do que a previsão do presidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!