in

Mãe recebe críticas por amamentar filhas de 7 e 4 anos; ela chegou a ser acusada de abuso infantil

A mulher contou que sempre quis amamentar à vontade e se recusou a deixar isso por causa da opinião dos outros.

Divulgação/Delas

A amamentação é um momento muito especial entre mãe e filho. Além do vínculo afetivo criado entre os dois, existe a importância nutricional desse alimento tão importante para o desenvolvimento do bebê. A indicação dos profissionais de saúde é que nos primeiros seis meses de vida a alimentação seja exclusiva através do aleitamento materno.

Publicidade

Atualmente, os pediatras orientam que após os seis meses o bebê comece a ter a alimentação sólida introduzida aos poucos. Contudo, a amamentação pode continuar até os dois anos ou mais. Algumas mulheres acabam optando por continuar mesmo após a criança atingir essa idade. Esse é o caso da mãe britânica de 32 anos que acabou sendo detonada por continuar com a amamentação.

Sophie Mei Lan quis amamentar suas filhas por um período maior do que o convencional e por esse motivo recebeu diversas críticas ao fazer isso em público. Arianna mamou até quatro anos de idade e a mais velha Jasmine até os sete anos. Durante uma entrevista concedida ao jornal The Sun, a mãe revelou que sempre quis amamentar suas filhas à vontade e recusou a deixar isso de lado por causa da opinião dos outros.

Publicidade

A britânica disse que Jasmine tinha o habito de mamar antes e depois da escola. “Sempre busquei normalizar a amamentação para poder amamentar em público sem me preocupar com os olhares. Eu me senti mais envergonhada quando as meninas cresceram, mas não é problema meu se as pessoas decidiram sexualizar a amamentação de uma maneira que pareça ‘anormal’, pois é completamente natural”.

Publicidade

A maior dificuldade encontrada pela mãe foi tentar entender quando deveria parar de amamentar as filhas. Agora, com as meninas com oito e 12 anos, ela resolveu parar no ano passado após um rompimento difícil, já que as garotas passam parte do tempo com o pai e não é possível mamar todos os dias.

Publicidade

Sophie resolveu falar sobre o assunto para encorajar outras mães a continuarem a amamentação até quando acharem conveniente. A britânica chegou a ouvir de uma pessoa estranha que amamentar as filhas era abuso infantil.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.