in

Ex-mulher de Bolsonaro comprou 14 imóveis enquanto foi casada e alcançou patrimônio milionário

Ana Cristina foi alvo de reportagem da revista Época, que contou detalhes de compras e vendas de imóveis.

Flickr Alan Santos / Facebook Ana Cristina

Ana Cristina Siqueira Valle e Jair Bolsonaro se relacionaram entre 1997 e 2008. Ela foi a segunda mulher do agora presidente da República. Os dois tiveram um filho, Jair Renan, chamado de 04 pelo pai. Atualmente, Bolsonaro é casado com Michelle. O nome de Bolsonaro e de sua ex estão em destaque em reportagem da revista Época.

Publicidade

De acordo com a publicação, Ana Cristina construiu um patrimômio milionário após cerca de uma década do fim do relacionamento. Segundo a Época, a mulher comprou 14 imóveis, parte deles usando dinheiro vivo, enquanto esteve casada com Bolsonaro. As movimentações são atípicas.

A reportagem da Época fez um levantamento em cartórios do Rio de Janeiro e de Brasília e analisou 20 registros e cerca de 40 escrituras. Marcelo Traça, empresário do setor de transporte, teria contribuído para a valorização dos imóveis adquiridos por Ana Cristina. Ele foi alvo da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Publicidade

Ana Cristina comprou 14 imóveis

Os imóveis comprados pela ex-mulher de Bolsonaro junto ao, na época, deputado federal estariam avaliados R$ 3 milhões no período da separação deles, em 2008. Ana Cristina trabalhava como assessora parlamentar. Segundo a revista Época, os valores atuais, corrigidos pela inflação, seriam de R$ 5,3 milhões.

Publicidade

De acordo com a reportagem da Época, cinco (duas casas, dois terrenos e um apartamento) dos 14 imóveis comprados pela ex-mulher de Bolsonaro foram adquiridos com dinheiro vivo. Estas negociações tinham valor total de R$ 243 mil. Com a inflação atualizada, representam R$ 680 mil.

Publicidade

Ana Cristina ficou com imóveis após separação

Bolsonaro e a ex-mulher se separaram em 2008, ela ficou com nove imóveis. Desses, cinco eram terrenos que, segundo a Época, levam a transações incomuns. Em 2006, quando ainda estavam juntos, o casal declarou o conjunto de terras com valor de R$ 160 mil.

Em cinco anos, o valor saltou e foi revendido por Ana Cristina por R$ 1,9 milhão. Curiosamente, o comprador de parte dos bens foi empresa ligada a Marcelo Traça. Em delação premiada, o empresário afirmou que uma forma que usava para lavar dinheiro era comprando imóveis.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!