in

Cientistas descobrem gene que pode agilizar produção de vacina contra Covid-19

Pandemia do coronavírus segue registrando novos casos em larga escala no Brasil.

Sapo - Divulgação

Enquanto a pandemia do coronavírus segue assolando a população mundial, os cientistas estão mergulhados em estudos para buscar a cura para a doença que já vitimou mais de 500 mil pessoas. Um estudo publicado na revista Science nesta segunda aponta que pesquisadores descobriram uma característica comum nos anticorpos humanos que acabam neutralizando o vírus.

Publicidade

Segundo eles, esta propriedade pode agilizar o desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19. O estudo fez um levantamento de 300 anticorpos contra o Sars-CoV-2 e acabou encontrando um gene, que em grande parte dos casos, se mostrou efetivo na luta contra o coronavírus.

O gene em questão pertence à família IGHV, e é conhecido como IGHV3-53, sendo capaz de neutralizar a ação do coronavírus. 

Publicidade

“Em geral, nossa análise estrutural demonstra que o IGHV3-53 tem uma estrutura promissora para que se mire no que liga as células ao RBD do Sars-CoV-2”, diz o estudo.

Publicidade

De acordo com os cientistas, a grande descoberta impactará numa facilidade maior de desenvolvimento de uma vacina eficaz.

Publicidade

“Como o IGHV3-53 é encontrado com frequência razoável em indivíduos saudáveis, essa resposta específica de anticorpo pode ser desencadeada comumente na vacinação”, conclui o estudo.

Números da pandemia

Segundo país mais afetado pelo coronavírus no mundo em escala mundial, o Brasil já acumula quase 1,9 milhão de casos confirmados – destes, mais de 1 milhão se recuperou. O número de mortes em solo nacional é de mais de 72 mil.

O estado de São Paulo é o principal epicentro do país, seguido por Ceará e Rio de Janeiro. No momento, algumas vacinas já estão em fase de testes pelo mundo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade