in

Covid-19: número de mortes por essas 3 doenças deve aumentar

Pandemia do coronavírus continua aumentando por todo o mundo e danos podem se agravar por vários anos.

Covid-19 - Notícias ao Minuto

Covid-19 continua alarmando a todos. Por todo o mundo, são já mais de 500 mil as vítimas mortais, em mais de 13 milhões casos de infeção. Agora, de acordo com a revista científica The Lancet Global Health, o número de vítimas indiretas vai ser bem maior, se alastrando para outras doenças. Então, por causa da paralisação de tratamentos e prevenção, durante essa pandemia, devem aumentar as vítimas mortais por AIDS, tuberculose e malária

Publicidade

Vítimas vão aumentar por causa da Covid-19

Ainda de acordo com esse mesmo estudo, o caso mais preocupante seria mesmo o da malária, se prevendo um aumento de mortes na ordem dos 36%, ou seja, mais de um terço de mortes. Isso porque os tratamentos estão sendo interrompidos. No caso da tuberculose, é esperado um aumento de 20% e na AIDS de 5%. 

Porém, de acordo com o site Notícias ao Minuto, essa publicação científica pode estar surgindo no melhor momento, ainda a tempo de consertar esses números. Alguns especialistas acreditam que ainda dá para evitar esses números assustadores. Então, entendendo que não estão trabalhando nada bem com esses doentes, ainda é possível inverter esses números dramáticos. 

Publicidade

Especialistas acreditam que ainda dá para inverter situação

Agora que parece claro para todos que as vítimas de essas doenças vão aumentar muito, fica o alerta para fazer diferente. Não é mais uma surpresa e os cuidados de saúde devem insistir mais no tratamento de pessoas com AIDS, tuberculose e malária. Por culpa da Covid-19, o mundo não deve descuidar de outros doentes graves, deixando eles quase abandonados a sua sorte. 

Publicidade

Então, essa seria a prioridades no tratamento, seguindo com os tratamentos antirretroviral, no caso de doentes com AIDS, em fazer mais prevenção e tratar melhor os tuberculosos e prevenindo a malária, nomeadamente com a doação de redes mosquiteiras, tentando travar essa outra epidemia, tão comum nos países mais pobres. 

Publicidade

Antes da Covid-19, o mundo estava respondendo melhor a essas doenças

Nos últimos anos, o mundo vem sabendo trabalhar cada vez melhor com essas doenças e o número de mortes diminuiu muito. Porém, com esse surto do novo coronavírus, uma das maiores dificuldades por todos os países é ter disponibilidade para tratar todos os pacientes. Não são apenas os infetados de Covid precisando ser cuidados, como todos os outros pacientes, de todas as outras doenças. 

Com os colapsos de alguns serviços de saúde, alguns doentes poderiam ficar para trás. “A pandemia de covid-19 e as ações tomadas na resposta à mesma podem anular alguns dos avanços das últimas duas décadas contra as principais doenças como o HIV, a tuberculose e a malária, agravando diretamente o fardo da pandemia”, revelou o professor Timothy Hallett, na conclusão da investigação publicada na revista científica The Lancet Global Health.

Publicidade
Publicidade