in

Caso Miguel: especialista em linguagem corporal coloca Sarí Corte Real contra parede e diz se ela mentiu

Especialista em linguagem corporal analisou o comportamento de Sarí Côrte Real no caso Miguel.

Globo / Montagem

Sarí Côrte Real deu recentemente uma entrevista ao Fantástico, na qual fala sobre a morte do menino Miguel. A conversa lembra os momentos em que o garoto fica sozinho em um elevador de um prédio da cidade de Recife, no estado de Pernambuco. Largado pela patroa da mãe, o menino de cinco anos acabou caindo do nono andar do local.

Publicidade

Sarí Côrte Real, no entanto, diz que fez tudo o que podia para evitar que Miguel morresse e que não esperava que o menino fosse cair do prédio. Muita gente ficou revoltada com a conversa pela frieza da primeira-dama de Tamandaré. O especialista em linguagem corporal, Vitor Santos, decidiu analisar a entrevista e publicou um vídeo falando sobre ela em seu canal na internet.

Publicidade

Para o especialista corporal, Sarí Côrte Real não mentiu na entrevista, já que em nenhum momento tenta demonstrar qualquer tipo de remorso. Ela apenas elenca o que teria feito de positivo para evitar que o menino morresse, após a queda, como socorrer o garoto e levá-lo até ao hospital, onde mais tarde a morte seria confirmada.

Publicidade

O especialista em linguagem corporal diz que a patroa de Mirtes, mãe de Miguel, teria recorrido ainda à uma técnica chamada de mutismo e demonstrou grande tensão na entrevista.

Publicidade

“Sarí não verbaliza nenhuma ideia potencialmente emocional sobre a perda do jovem Miguel. Ela verbaliza de forma distanciada a maioria de suas respostas sobre sua relação no caso Miguel, sendo que em relatos honestos geralmente vemos abordagens mais pessoais e diretas”, diz o especialista ao falar sobre o assunto. 

Veja abaixo o vídeo em que o especialista em linguagem corporal analisa a entrevista de Sari Corte Real ao Fantástico; a análise é bastante impressionante. 

Nas redes sociais e nos comentários do vídeo, até agora, mesmo após mais de uma semana na entrevista ao Fantástico, muitas pessoas se sentem indignadas com a forma como Sari agiu ao relatar os últimos momentos ao lado do filho da empregada doméstica. “Ela não mentiu em nada, porque, praticamente, ela disse que não sente culpa e nem se arrepende. Ela foi verdadeira porque só demonstrou que não se importava com a vida do garoto. Ela nem sequer fingiu que se arrepende, cara”, disse um dos internautas ao comentar o caso.

Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.