in

Enfermeira e filha grávida morrem em acidente de carro

Mais de cem pessoas compareceram ao velório para se despedir da família.

Correio Braziliense

Centenas de pessoas compareceram na tarde do último domingo (12), para se despedir da família que perdeu a vida em um grave acidente de trânsito próximo a cidade de Flores de Goiás, cerca de 235 quilômetros de Brasília. As vítimas foram identificadas como Edna da Silva Flores, que era enfermeira, e a filha dela, Kênia Flores Tavares, de 33 anos, que estava grávida de sete meses – devido aos ferimentos, o bebê também morreu.
De acordo com a polícia, a fatalidade foi registrada na manhã do último sábado (11).  

Publicidade

Edna era bem conhecida na localidade e trabalhava rede pública de saúde há 25 anos e, atualmente, exercia o cargo de supervisora da maternidade do Hospital Regional de Taguatinga (HRT). 

As primeiras investigações feitas pelas autoridade locais apontaram que as vítimas estavam em carro de passeio e seguiam para o Distrito Federal. O veículo da família estava sendo conduzido por Francisco Pereira Flores, de 61 anos, que por motivo ainda desconhecido bateu de frente com outro carro. Devido ao forte impacto, mãe, filha e o bebê morreram na hora antes mesmo do socorro chegar.  

Publicidade

Francisco ficou preso as ferragens, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital de Base com várias faturas pelo corpo . Outro filho de Kênia, de dois anos, também ficou ferido e foi levado para o hospital. A direção da unidade médica não divulgou o seu estado de saúde.

Publicidade

A enfermeira Helen Wanessa que trabalhava com Edna lamentou a sua morte. “A Edna era uma líder sensacional, que se destacava pela sua dedicação. Sempre era a primeira a chegar nos plantões do hospital, com um sorriso no rosto, pronta para nos motivar. Sem dúvidas é uma pessoa que vai fazer muita falta”, disse Helen Wanessa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.